Mundo

Bolsa de NY, United e ‘Wall Street Journal’ têm falhas técnicas

O secretário de Segurança Interna dos EUA, Jeh Johnson, disse que problemas técnicos registrados nesta quarta-feira (8) pela United Airlines e pela Bolsa de Nova York aparentemente não estão relacionados a uma atividade “ilegal”.

“Eu mesmo falei com o CEO da United, Jeff Smisek. Do que sabemos até agora, parece que o mau funcionamento na companhia aérea e na bolsa não resulta de um ator nefasto”, disse Johnson durante um discurso no Centro de Estudos Internacionais e Estratégicos, um ‘think tank’ em Washington.

“Temos menos informações sobre o ‘Wall Street Journal’, exceto que seu sistema está funcionando de novo”, acrescentou.

No início desta quarta (8), voos da United ficaram em depois de uma pane no roteador diminuiu a conexão entre as redes da companhia aérea.

Quando a United começava a fazer seu sistema voltar a funcionar, as trocas comerciais na bolsa pararam devido a um problema técnico, enquanto o site do ‘Wall Street Journal’ registrou erros.

Johnson também disse que aproximadamente 4,2 milhões de pessoas, incluindo empregados do governo e funcionários terceirizados, foram notificados sobre a recente invasão em dados pessoais de funcionários do governo.

Os investigadores, porém, ainda tentam determinar o número total de pessoas afetadas pelas atividades dos hackers.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir