Sem categoria

Blitz no fim de semana resultou em 135 autos de infração, sendo 75 por embriaguez

A operação aconteceu nas principais ruas e avenidas da capital- foto: divulgação/Detran-AM

A operação aconteceu nas principais ruas e avenidas da capital- foto: divulgação/Detran-AM

Uma blitz da Lei Seca realizada neste fim de semana, em vários pontos da cidade, resultou em 135 autos de infração, além da apreensão de 35 carros e 67 motos, conforme balanço divulgado nesta segunda-feira (13) pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

A operação aconteceu nas principais ruas e avenidas da capital, com barreiras montadas nas avenidas Torquato Tapajós, do Turismo, Coronel Teixeira ( conhecida como estrada da Ponta Negra), Itaúba e Autaz Mirim.

Durante a blitz, 45 condutores foram flagrados sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 75 embriagados. 15 CNHs foram apreendidas e houve ainda três flagrantes por drogas e três autuações por transporte de pessoas no compartimento de cargas.

O diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitosa, considerou grave os casos de embriaguez e relatou que a maioria das pessoas alcoolizadas tinham menos de 25 anos.

Nos casos de embriaguez, a maioria das pessoas alcoolizadas tinham menos de 25 anos

Nos casos de embriaguez, a maioria das pessoas alcoolizadas tinham menos de 25 anos

“Um número que preocupa bastante, jovens entre 18 e 25 anos, fazendo uma combinação incorreta de álcool e volante, colocando sua vida e a de outras pessoas em risco”, pontuou Leonel, acrescentando que, havia muitas mulheres entres os jovens embriagados.

Conforme Feitosa, o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), da Polícia Civil, encaminharam os condutores flagrados portando drogas no veículo a uma delegacia para os procedimentos cabíveis.

Ainda segundo o presidente, nos casos dos condutores desabilitados, uma multa é aplicada ao proprietário do veículo, que também é punido com perda de pontos na CNH.
Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir