Esportes

Bi olímpico, Giovane será o primeiro brasileiro a carregar a tocha olímpica

A chegada ao Rio ocorrerá no dia 4 de agosto, na véspera da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos - foto: divulgação

A chegada ao Rio ocorrerá no dia 4 de agosto, na véspera da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos – foto: divulgação

O bicampeão olímpico do vôlei Giovane Gávio, 45, será o primeiro brasileiro a conduzir a tocha no revezamento simbólico que começará no próximo dia 21, em Olímpia, na Grécia.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (11) pelo Comitê Olímpico Helênico, que organiza o acendimento da chama.

Ouro nos Jogos de Barcelona-1992 e Atenas-2004, Giovane receberá a tocha das mãos do ginasta Lefteris Petrounias, 25, atual campeão mundial da prova de argolas, que abrirá o revezamento -é padrão que sempre um atleta grego inicie o rodízio e um outro representante do país-sede dos Jogos seja o segundo.

Atualmente, Giovane é gerente de competições para o vôlei na organização da Rio-2016.

A chama será acesa ao lado do Templo de Hera, nas ruínas de Olímpia antiga, em cerimônia exclusiva.

A presidente Dilma confirmou na sexta-feira (8) que não participará do evento. O governo federal será representado pelo ministro do Esporte, Ricardo Leyser.

Depois da largada em Olímpia, a tocha tem paradas em Atenas, Genebra e Lausanne antes de aterrissar em Brasília no dia 3 de maio, para aí dar a início à rota através de mais de 300 cidades do país.

A chegada ao Rio ocorrerá no dia 4 de agosto, na véspera da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir