Mundo

Bélgica identifica mais um suspeito de participar dos atentados de Paris

Os atentados de novembro foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico - foto: divulgação

Os atentados de novembro foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico – foto: divulgação

A Procuradoria federal belga identificou hoje (21) um novo suspeito de ter participado dos atentados terroristas de Paris, em novembro de 2015. O homem foi identificado como Najim Laachraoui, de 24 anos, mas era conhecido pelo nome falso de Sufiane Kayal.

A Justiça belga divulgou uma foto do suspeito e fez um apelo a testemunhas que possam ajudar na sua localização. Segundo o comunicado da Procuradoria, o suspeito arrendou uma casa no Sul da Bélgica, onde teria sido preparados os atentados em Paris.

“As investigações revelaram que Sufiane Kayal pode ser identificado como Najim Laachraui, nascido em 18 de maio de 1991 e que viajou para a Síria em fevereiro de 2013”, diz um comunicado da procuradoria.

O suspeito também estave em um carro que passou por um posto de controle no dia 9 de setembro de 2015 na fronteira austro-húngara, viajando com Salah Abdeslam e Mohamed Belkaïd, um argelino de 35 anos que foi morto em uma operação policial, na terça-feira (15), na comuna de Forest, em Bruxelas.

Laachraui é suspeito de ter feito contato telefônico com membros do comando terrorista na noite do dia 13 de novembro, quando ocorreram os atentados que deixara 130 mortos e mais de 300 feridos na capital francesa.

A identificação de Laachraui foi feita após a captura, na sexta-feira (18), de Salah Abdeslam, em Bruxelas, após mais de quatro meses em fuga.

Abdeslam foi já formalmente acusado de homicídios terroristas e de participação em atividades de organização terrorista.

Os atentados de novembro foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir