Esportes

Bayern vence, mas gol fora coloca Atlético na final da Liga dos Campeões

Com um pênalti desperdiçado por Thomas Müller ainda no primeiro tempo, o Bayern de Munique conseguiu derrotar o Atlético de Madri por 2 a 1, na Allianz Arena, mas viu o time espanhol conseguir a classificação à final da Liga dos Campeões, na tarde desta terça-feira (3).

Como havia vencido o jogo de ida da semifinal por 1 a 0, a equipe espanhola avançou à terceira final da competição europeia em sua história (1974 e 2014) mesmo com a derrota, pelo gol marcado fora de casa. O time de Madri buscará o seu primeiro título continental.

O outro finalista sai do confronto entre Real Madrid e Manchester City, na quarta (4), em Madri –na ida, terminou 0 a 0. A final acontecerá no próximo dia 28, em Milão, na Itália.

Precisando vencer, o Bayern dominou quase todo o jogo e abriu o placar com Xabi Alonso antes do intervalo. No começo da etapa final, o Atlético chegou ao empate com Griezmann, antes de levar o segundo, marcado por Lewandowski.

No fim, o time alemão, que ainda viu o goleiro Neuer defender um pênalti mal marcado em Fernando Torres, não conseguiu o gol que valeria a sua classificação à decisão.

O JOGO

Com média de 70% de posse de bola durante todo o primeiro tempo, o Bayern dominou o jogo desde os minutos iniciais, trocando mais passes e tendo mais presença ofensiva.

Apesar da superioridade em campo, o time alemão teve dificuldades para encontrar espaços na defesa do Atlético, que apenas se limitou a marcar com todos os seus jogadores atrás da linha intermediária.

O goleiro Oblak, da equipe espanhola, foi o principal nome da partida. Ele fez importantes defesas em cruzamentos e chutes de fora da área. O esloveno defendeu até um pênalti cobrado por Thomas Müller, aos 34min.

O camisa 13 do time de Madri só não conseguiu segurar o forte chute de Xabi Alonso em cobrança de falta da entrada da área, que ainda contou com um desvio na zaga espanhola antes de balançar as redes, aos 30min.

O sufoco alemão continuou por todo o segundo tempo. No entanto, em um rápido contra-ataque dos visitantes, aos 8min, Fernando Torres lançou Griezmann, em posição duvidosa, chutar na saída de Neuer e empatar o jogo.

Após o revés, o Bayern permaneceu com mais presença ofensiva e obrigou o goleiro adversário a fazer ao menos três importantes defesas até conseguir o segundo gol, com Lewandowski, aos 28min.

Aos 39min, o juiz errou ao marcar pênalti a favor dos visitantes em uma falta fora da grande área alemã. O goleiro Neuer defendeu a finalização de Fernando Torres e manteve a equipe de Munique viva na partida.

O gol que os alemães precisavam, no entanto, não veio.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir