Sem categoria

Batalhão Ambiental apreende 62 quilos de pescado ilegal e três quelônios, na Compensa

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios - foto: divulgação

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios – foto: divulgação

Cerca de 62 quilos de pescado ilegal, maior parte pirarucu, e três quelônios, foram apreendidos durante fiscalização da ‘Operação Aguia’ feita no bairro Compensa 2, na Zona Oeste, na manhã deste sábado (26). A ação foi realizada pelo Batalhão de  Policiamento Ambiental (BPAmb), na feira ‘Modelo’ e feira ‘Rio’.

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios - foto: divulgação

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios – foto: divulgação

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios. Na feira Beira rio, onde os produtos estavam sendo vendidos, os proprietários da banca 13 e 07, Jozimar Carvalho de Menezes, 43, e Arivaldo dos Santos Costa,49, não possuíam a documentação que comprova a origem do pescado.

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios - foto: divulgação

No total foram recolhidos 35,5 quilos de pirarucu, 17,5 pacu, 02 quilos de Surubim e 8 quilos de Aruana e 03 quelônios – foto: divulgação

Na feira modelo os peixes foram abandonados na banca número 16 e 17 no momento em que os policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental iniciaram a fiscalização no local. Todo o pescado apreendido foi exibido no 19* DIP e posteriormente será doado para entidades sem fins lucrativos, como preceitua a Lei de Crimes Ambientais.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir