Economia

Barbosa diz que equipe econômica está empenhada em elevar superávit primário

Um dia depois de o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, negar que o governo esteja analisando a possibilidade de reduzir a meta de superávit primário para este ano, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, não descartou nesta terça-feira (14) ajustes no montante que o governo faz para pagar a dívida pública.

Segundo Barbosa, os ministros que compõem a Junta de Execução Orçamentária (Fazenda, Casa Civil e Planejamento), estão constantemente “analisando, atualizando e revisando o cenário fiscal”. Perguntado sobre a possibilidade da adoção de uma “banda de flutuação para a meta de superávit”, que permitira ao governo criar uma margem de tolerância para baixo e para cima para a meta de superávit, como já ocorre com o regime de metas de inflação, o ministro disse que “as discussões continuam”.

“Nesse tipo de debate, você faz várias análises sobre diversas hipóteses, sobre as medidas em tramitação no Congresso e sobre que ações [serão] necessárias para manter o equilíbrio fiscal. Neste momento, estamos todos empenhados em elevar o resultado primário para cumprir a meta estabelecida, e estamos avaliando como isso poderá ser feito diante da frustração de receita que se verificou no primeiro semestre”, argumentou Barbosa ao deixar audiência no Senado.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir