Sem categoria

Barbárie: homem é morto no Novo Aleixo e tem corpo cortado ao meio; assassino já está preso

O suspeito usou uma faca para cortar os braços, tronco e cabeça no terreno atrás da quitinete, o restante foi localizado no terreno baldio - foto: Josemar Antunes

O suspeito usou uma faca para cortar os braços, tronco e cabeça no terreno atrás da quitinete, o restante foi localizado no terreno baldio – fotos: Josemar Antunes

Um homem identificado como Pablo de Souza Garcez, 33, ajudante de pedreiro conhecido como ‘Paulinho’, foi encontrado esquartejado na manhã desta quinta-feira (12), em um terreno baldio localizado na rua Ciprestes Azul, conjunto Águas Claras, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. O suspeito do crime foi preso em flagrante.

De acordo com a polícia, o corpo foi cortado ao meio e as partes inferiores jogadas no terreno baldio. O restante foi localizado em outro terreno, que fica atrás do prédio de quitinetes onde o suspeito morava.

Segundo policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o suspeito do crime é Mario Antonio Tavares Guerreiro, 35,  preso  dentro da quitinete onde morava, situada a poucos metros de onde as partes do corpo foram encontradas.

Os policias chegaram ao autor, devido aos rastros de sangue, que levavam até á residência do suspeito. No momento da prisão, Mario estava deitado em uma cama, ainda sob efeito de álcool.

Segundo o delegado plantonista do 6 Distrito Integrado de Polícia (DIP), Gerson Oliveira, o homem foi morto dentro do apartamento da vítima, onde eles estavam consumindo bebidas alcoólicas.

Ainda conforme o delegado, antes de cortar a vítima, Mario teria dado uma pancada na cabeça de Pablo. Assim que ele caiu, o suspeito começou a cortá-lo e depois carregou as partes para fora.

corpo-decepado-Josemar-2

“Ele usou uma faca para cortar os braços, tronco e cabeça no terreno atrás da quitinete, o restante foi localizado no terreno baldio, também perto da casa”, disse o delegado.

A autoridade policial ainda relatou que o suspeito confessou o crime e falou que estava sendo ameaçado de morte pela vítima, por esse motivo resolveu matá-lo primeiro.

“Ele confessou o crime, mas até o momento só relatou que a vítima o estava ameaçando. Ele será levado para a delegacia, quando passar o efeito do álcool será ouvido”, concluiu Oliveira.

De acordo com populares, o assassino é conhecido no bairro, por ser muito ‘mulherengo’ e, provavelmente, a vítima descobriu que ele teria algum envolvimento com sua mulher, por isso poderia estar ameaçando-o. Essa informação, porém, não confirmada pela polícia.

O suspeito foi levando para a sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) onde prestará depoimento e deverá ser autuado por homicídio.

Por Mara Magalhães

Com informações de Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir