Dia a dia

Bando suspeito de roubar R$66 mil de estaleiro é preso em Manaus

Com a quadrilha foram encontrados vários objetos utilizados para arrombar caixas eletrônicos e cofres – Erlon  Rodrigues /PC

Cinco integrantes de uma quadrilha especializada em corte de caixas eletrônicos, arrombamento de cofres e desarmamento de alarmes eletrônicos, foram presos, na noite dessa terça-feira (11),  suspeitos de roubar R$ 66 mil de um estaleiro,  localizado na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, no São Raimundo, na Zona Oeste de Manaus. O roubo aconteceu no dia 5 de junho deste ano.

Julio Cézar dos Santos Gomes, 21, conhecido como “Lourinho”; Renan Ricarde Reis, 23; Tomé Rivas dos Santos, 28, o “Negão”; Carlos André Moreira Mendonça, 39, e Josué de Andrade Silva, 40, chamado de “Velho”, foram presos em diferentes bairros da cidade, em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 9ª Vara Criminal.

“Logo após o roubo ao estaleiro, começamos a investigar essa associação criminosa interestadual. Uma vez que eles não agiam somente na nossa capital, mas também em estados como Mato Grosso e Pará. A partir daí conseguimos identificar esses cinco elementos e representar à Justiça o pedido de prisão temporária em nome deles”, contou o delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

Com o grupo, os policiais civis apreenderam objetos utilizados para arrombar caixas eletrônicos e cofres, como maçarico, furadeira de alto impacto, macaco hidráulico, uma bateria automotiva, um extintor de incêndio, dois cilindros de oxigênio, além de outros itens utilizados em ações criminosas.

Leia também:  Derfd prende quadrilha especializada em roubar estabelecimentos comerciais

Adriano Felix explicou como cada integrante do bando agiu no roubo ao estaleiro. “Julio Cézar é o chefe da associação criminosa e recebia instruções para os roubos de dentro e fora de presídios. Renan é especialista em corte de caixa eletrônico, arrombamento de cofres e desarmamento de alarmes de segurança. “Negão” guardava os equipamentos utilizados nos delitos, como furadeiras e varetas de solda. “Velho” conseguia as ferramentas para arrombar cofre e caixas eletrônicos e possuía um automóvel modelo Savero, de cor vermelha, que era usado para levar os materiais para a casa de Tomé, na segunda etapa do Conjunto Francisca Mendes”, disse.

O delegado afirmou que a quadrilha recebeu de Carlos informações privilegiadas sobre o estaleiro, já que o suspeito havia trabalhado no lugar como soldador e tinha conhecimento sobre a movimentação financeira do local. “Carlos repassou informações a Julio Cézar, que era o cabeça grupo. Julio Cézar pegava as informações de pessoas que trabalhavam nas empresas, ex-funcionários e funcionários. Ele também coletava informações privilegiadas de dentro do sistema prisional e aí reunia todos os integrantes do bando para colocar em prática as ações criminosas”, enfatizou.

Felix destacou que o grupo estava planejando dois roubos a grandes empresas. “Eles pretendiam cometer esses dois roubos, de quantia estimada em R$ 600 mil, que estaria guardada nesses dois estabelecimentos comerciais. Eles roubavam, também, caixas eletrônicos encontrados em drogarias e pequenos estabelecimentos comerciais na cidade. Os infratores também procuravam alugar residência perto desses pequenos estabelecimentos comerciais, para facilitar o procedimento criminoso”, concluiu o titular da Derfd.

O bando foi indiciado por roubo majorado e associação criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, o grupo será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Leia mais:

Quadrilha especializada em roubar carros é presa em Manaus

PF desarticula quadrilha especializada em lavagem de dinheiro internacional

Quadrilha especializada em roubos e comandada por menina de 15 anos é detida em Parintins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir