Sem categoria

Bando que furtou Sindicato dos Médicos é preso; ao menos 15 crimes são contabilizados

O bando já furtou ao menos 15 estabelecimentos em Manaus - foto: divulgação

O bando já furtou ao menos 15 estabelecimentos em Manaus – foto: divulgação

Manoel Ciqueira, 31, e  Michel Marcos Freire da Silva, 42,  foram presos na noite da última segunda-feira (17), no beco da Vila Olímpica, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, acusados de furtarem o  Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam). De acordo com a polícia, o bando furtou a entidade três vezes, somente neste ano. Eles já cometeram  ao menos 15 furtos  na capital.

Manoel contava com a ajuda de Michel para carregar os produtos do roubo e colocar em um veículo, e logo em seguida, o acusado escondia o material em um casebre no Ramal da Anaconda, bairro Tarumã, Zona Oeste, e depois vendia para outras pessoas para comprar entorpecentes.

Na manhã de hoje,  Samia Chaves dos Santos, 27, foi presa após a polícia encontrar em sua casa, geladeira e fogão furtados por Manuel. Ao avistar a polícia, o companheiro da acusada, que não teve o nome revelado, fugiu, deixando a esposa ser presa.

Segundo a Polícia Civil, o último crime cometido pelo acusado foi na manhã de segunda-feira (17), quando Manoel entrou pelo telhado da casa do tenente coronel do Corpo de Bombeiros Fernando Reis, na avenida Cacilda Pedrosa, conjunto Canaã, mesmo bairro. O acusado quebrou os seus pertences e furtou geladeira, televisão e ar condicionado da vítima. Conforme o tenente coronel, o acusado pulou os muros do vizinho e logo depois invadiu a sua residência. “Ele quebrou tudo lá, e o que não conseguiu furtar, deixou jogado no chão”, disse.

O titular do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Walter Cabral, informou que Manoel investigava a rotina das vítimas para saber quando elas não estavam em casa, para cometer os furtos, e sobre os marcadinhos e igrejas, ele invadia na madrugada e contava com a ajuda de um suspeito que já está sendo investigado.

O acusado foi autuado em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de furto qualificado, e após prestar depoimento, ele e Michel foram levados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. Já Samia foi autuada pelo crime de receptação, e foi levada ao Centro de Detenção Provisória (CDP) Feminina.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir