Sem categoria

Bandidos matam dois e ferem um durante assalto a residência na Zona Norte de Manaus

Os suspeitos foram encaminhados ao 15º DIP, onde foram autuados pelo crime de latrocínio e porte ilegal de arma de fogo – foto: divulgação PM

Os suspeitos foram encaminhados ao 15º DIP, onde foram autuados pelo crime de latrocínio e porte ilegal de arma de fogo – foto: divulgação PM

O feirante Eulesson Vale de Souza, 20, e seu pai, também feirante, Edson de Castro Souza, 44, foram mortos após reagirem a assalto, na noite deste sábado (12) em Manaus. O fato aconteceu por volta das 19h na residência onde as vítimas moravam, localizada na rua 4, bairro Monte Pascoal, Zona Norte da capital. Na ocasião, o irmão de Edson, identificado como William Castro de Souza, 38, foi atingido com um tiro no peito e está em estado grave.

Os assaltantes responsáveis pelo crime foram identificados como identificados como Diego Vale do Vale, 20, Tiago Vieira Araújo, 25, e Raimundo Kléber Mendonça de Souza, 29. O primeiro seria sobrinho e filho de criação de Edson e teria arquitetado o crime, por conta de um dinheiro que pai e filho supostamente teriam em casa, no valor de R$ 6 mil.

De acordo com as informações repassadas pela guarnição da Ronda Ostensivas Candido Mariano (Rocam), os três suspeitos conduziam um veículo de modelo Prisma, de cor vermelha e placa não identificada, em alta velocidade nas imediações do Igarapé do Passarinho.

“Quando a guarnição interceptou o carro, os homens tentaram reagir atirando e saíram correndo pelas ruas do bairro, entrando em um matagal. Lá eles forma capturados com duas armas calibre 38, com doze munições”, informou o tenente Nascimento.

Ainda segundo informações do tenente, Edson foi assassinado com dois tiros na cabeça e o seu sobrinho Kelson com três disparos nas costas. As vítimas morreram no local.

William, que ficou ferido durante a ação dos criminosos, foi socorrido e está internado no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia, também na Zona Norte.

Os suspeitos foram encaminhados ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados pelo crime de latrocínio e porte ilegal de arma de fogo. Após os procedimentos cabíveis foram encaminhados à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde vão permanecer à disposição da Justiça.

Por Mairkon Castro

Colaborou Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir