Sem categoria

Bandidos invadem casa e matam adolescente de 17 anos, em Tabatinga

A polícia do município informou que foram levados da residência R$ 2 mil em espécie, além de três celulares, relógios e três cordões de ouro - foto: divulgação

A polícia do município informou que foram levados da residência R$ 2 mil em espécie, além de três celulares, relógios e três cordões de ouro – foto: divulgação

A estudante Enna Bianca Ferreira Maciel, de 17 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), na madrugada dessa quinta-feira (15), na rua T2, bairro Das Comunicações, no município de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus).

Segundo informações do titular do Distrito Integrado de Polícia (DIP) do município, delegado Jones Leão, a vítima estava em casa, juntamente com a irmã de 21 anos, que não teve o nome divulgado, quando três homens armados – encapuzados, vestidos de preto e usando luvas -, entraram na residência, amarraram a adolescente e a levaram para fora da residência.

A irmã da adolescente assassinada disse, em depoimento à polícia, que os bandidos falavam o idioma Espanhol e que, no momento em que foi levada para o quarto, conseguiu fugir por uma janela, e tentou pedir ajuda, mas, quando retornou para o imóvel, encontrou a irmã amarrada e morta com uma perfuração de arma branca no pescoço.

A polícia do município informou que foram levados da residência R$ 2 mil em espécie, além de três celulares, relógios e três cordões de ouro.

O delegado acredita que os autores do crime sejam colombianos. “Com as informações que a vítima nos relatou, trabalhamos com a hipótese de que os criminosos sejam colombianos. Já estamos nas ruas para localizar os suspeitos”, disse o Leão.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Interativa Comunitária (DIP) mas, até o momento, nenhum dos suspeitos foi identificado.

Outro caso

Na terça-feira (13), o professor universitário José Aparecido Lima Dourado, 35, foi encontrado morto, em dos um quarto do hotel que estava hospedado em Tabatinga.

Segundo informações da polícia, o homem que era professor da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), no campus de Tabatinga, e foi encontro morto por colegas de trabalho. Ele estava com várias perfurações de faca pelo corpo.

A polícia trabalha com a hipótese que o autor do crime conhecia o professor, pois o local não tinha sinais de arrombamento. Nenhum objeto foi roubado da casa. As imagens das câmeras de segurança do hotel serão disponibilizadas à polícia para ajudar nas investigações.

O caso também está sendo investigado pela delegacia do município.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir