Dia a dia

Bandidos fogem após renderem taxista e cometerem arrastões pela capital

A ocorrência foi atendida pela 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) - foto: Arthur Castro

A ocorrência foi atendida pela 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) – foto: Arthur Castro

O taxista Francisco Narcísio de Brito Rabelo, 53, foi encontrado com mãos e pernas amarradas, amordaçado e com vários hematomas por todo corpo, dentro do porta-malas do seu próprio carro, um táxi que estava na rua Cedro, no loteamento Santa Marta, bairro Terra Nova, Zona Norte de Manaus. O encontro se deu por volta das 16h de quarta-feira (16), depois de três suspeitos ainda não identificados, tomarem posse do carro para fazer assaltos pela cidade. 

De acordo com informações do aspirante Ezequias Albuquerque da 18º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), moradores da região estranharam quando três homens chegaram na rua, e abandonaram o carro as pressas, deixando as portas todas abertas e acionaram a Polícia Militar. Ao chegar no local, os policiais inspecionaram o  carro e acabaram encontrando Francisco, que estava consciente, mas em estado de choque. Ele não conseguiu dar nenhuma informação do que havia acontecido.

Após ser socorrido, o taxista foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, Zona Norte, onde recebeu atendimento médico e depois foi liberado, até o fim da tarde.  Os policiais orientaram ainda que Francisco fosse a uma delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência.

Por Joandres Xavier

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir