Sem categoria

Bandidos fazem gerentes reféns e assaltam agência bancária no Careiro Castanho

Os assaltantes estavam armados de revólveres e escopetas e fugiram levando cinco reféns – foto: Jair Freitas (freelancer do EM TEMPO Online)

A agência bancária no município Careiro Castanho (a 88 quilômetros de Manaus) foi assaltada, na manhã desta quinta-feira (5), no início do expediente bancário, às 9h. Os três assaltantes estavam armados de revólveres e escopetas e fugiram levando a gerente, o subgerente, os pais dele e um caixa do banco como reféns. Dois menores de 16 e 17 anos foram apreendidos horas depois, mas o dinheiro não foi roubado pelos bandidos, segundo a polícia.

A Polícia Militar informou que os bandidos invadiram a casa do subgerente na noite de ontem. Feito refém, ele foi obrigado a abrir o banco. Os pais do funcionário também foram levados pelos criminosos.

O grupo fugiu em um veículo levando reféns - foto: divulgação

O grupo fugiu em um veículo levando reféns – foto: divulgação

Durante as buscas, dois menores com idades entre 16 e 17 anos, que faziam parte do bando de cinco assaltantes foram apreendidos. Com eles, foi encontrado uma escopeta calibre 12,  com 18 cartuchos do mesmo calibre, uma pistola 9 milímetros, com 24 munições intactas, explosivos, além de um colete balístico com adesivo falso da Polícia Militar.

Com os menores foram apreendidas munições, armas e um colete balístico - foto: Jair Freitas

Com os menores foram apreendidas munições, armas e um colete balístico – foto: Jair Freitas

Um investigador da Polícia Civil informou que o menor de 16 anos foi apreendido na rodovia BR-319,  dentro de um micro-ônibus, que faz linha para o município. Outro jovem de 17 anos foi apreendido em um veículo Voyage, cor prata, placa PHI-1773, usado na fuga. Os demais integrantes fugiram em um veículo modelo Siena, cor prata.

Policiais militares da Força Tática e Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) reforçam as buscas aos bandidos. Barreiras foram montadas na estrada AM-354 e BR-319. Há patrulhamento também pelos rios da região.

 

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir