Dia a dia

Bandido pede desculpas após tentar matar, “por engano”, assessor de vereador em Presidente Figueiredo

O crime será investigado pela delegacia de policia do município - foto: divulgação

O crime será investigado pela delegacia de policia do município – foto: divulgação

O assessor parlamentar do vereador Gerry Azevedo (DEM), Welliton Rodrigues da Silva, 45, foi vítima de uma tentativa de homicídio na comunidade Maruaga, próximo a Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros da capital), na noite de terça-feira (24). De acordo a polícia, o principal suspeito é um homem identificado como ‘Pibe’.

Segundo o titular da 37ª Delegacia Interativa de Policia (DIP), delegado Valdnei Silva, a vítima estava em sua residência, quando o suspeito o abordou no portão, armado e de capacete. A vítima entrou em luta corporal com o homem que, ao sacar a arma, deixou cair as balas no chão.

 

Em seguida, o assessor parlamentar imobilizou o suspeito e depois pediu socorro para a esposa, que tirou o capacete no indivíduo e o reconheceu.  O homem revidou e agrediu Silva e a esposa com uma cadeira.

 

Em depoimento, as vítimas relataram que ‘Pibe’ havia dito que iria matar outras pessoas e entrou na residência do casal por engano.  “Ele disse que iria matar as pessoas erradas e, por isso, nos pediu desculpas”.

 

Ainda conforme o casal, ‘Pibe’ estava em uma motocicleta, acompanhado de um comparsa, que ficou o esperando do lado de fora. Eles conseguiram fugir.

 

O caso vai ser investigado pela delegacia de Presidente Figueiredo.

 

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir