/* */
Cultura

Banda das Cabritas chega à 17ª edição nesta terça de Carnaval

A organização espera receber no evento cerca de 15 mil foliões – fotos: Divulgação

Nesta Terça-Feira de Carnaval (28), a partir das 16h, acontece a 17ª edição da tradicional Banda das Cabritas. O evento acontece na rua Nova do Prosamim, próximo à avenida Brasil, entre os bairros São Jorge e Vila da Prata, Zona Oeste de Manaus. Para esta edição do evento a organização espera receber cerca de 15 mil foliões, que serão animados ao som de axé, forró, pagode, funk carioca, samba e as tradicionais marchinhas de carnaval.

De acordo com o empresário Emerson Soares, cofundador da banda, este ano o público será contagiado pelo som da bateria cadenciada “Vai ou Racha” do Grêmio Recreativo Escola de Samba Andanças de Cigano, que atualmente integra o Grupo Especial do Carnaval de Manaus.

Diretoria do evento agradecendo a presença do público na última edição em 2016

“Ao que tudo indica, a bateria vem com número suficiente de ritmistas para encantar todos os foliões, além de passistas, rainha e musas da escola. Estamos preparando uma linda festa e, para isto, contamos ainda com o apoio do efetivo da Polícia Militar, que fará a segurança no evento”, destacou Emerson.

O empresário reforça ainda que, além da bateria, irão se apresentar Rafinha e Banda Elite do Samba, Banda Xequerê, MC Picolé e, encerrando com chave de ouro, às 23h o grupo Frutos do Pagode animará o público presente.

Neto Costa, outro fundador da banda, informou que nesta edição do evento, infelizmente, não haverá abadás, mas que todas os foliões poderão comparecer à festa com as camisas de edições anteriores.

“Por conta da crise, não houve condições de mandar confeccionar as camisas a tempo de vender todas antes do evento, mas todos estão intimados a retirar do guarda-roupas aquela camisa do ano passado e vir pular o carnaval,” afirmou Neto.

O evento conta com apoio da prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), e Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura (Sec).

“No local haverá ainda profissionais ligados à Vara da Infância e da Juventude e ao Conselho Tutelar da Zona Oeste, para garantir que crianças e adolescentes estejam acompanhados dos pais ou responsáveis. E será totalmente proibida a venda de bebida alcoólica para essa turma”, finalizou Emerson.

 

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir