Sem categoria

Bancos de leite reforçam divulgação para ampliar número de doadoras

Integrantes do grupo recebem informações e orientações sobre amamentação dos bebês - foto: arquivo EM TEMPO

Integrantes do grupo recebem informações e orientações sobre amamentação dos bebês – foto: arquivo EM TEMPO

Equipes dos três bancos de leite  da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) promoveram na manhã desta terça-feira (19), uma programação especial de sensibilização, para marcar o Dia Mundial de Doação do Leite Humano.

Munidas de folhetos e faixas, as equipes marcaram presença nos cinco principais terminais de ônibus da cidade (T1, T2, T3, T4 e T5), para repassar à população orientações e informações sobre o tema e divulgar a importância do serviço, que ajuda a garantir o leite materno, principalmente, para bebês prematuros internados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatais, nas redes pública e particular de saúde.As informações também foram intensificadas na rede de maternidades do Estado,junto às grávidas e puérperas.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, destacou que o objetivo da mobilização foi ampliar o número de mulheres que, estando em fase deamamentação, possam colaborar para manter os estoques dos bancos de leite.“A ação organizada pelos bancos de leite é, também, mais uma oportunidade para reforçar as orientações sobre o valor do aleitamento materno, como uma das estratégias comprovadamente mais eficientes para a prevenção de doenças e a redução dos índices de mortalidade infantil”, frisou Wilson Alecrim.

Atualmente, três bancos de leite funcionam na rede estadual de Saúde: o Banco de Leite do Amazonas, vinculado à Maternidade Ana Braga; o Fezinha Anzoategui, vinculado ao Instituto da Mulher Dona Lindu; e o Galileia, vinculado à Maternidade Azilda Marreiro. Eles têm vinculados 13 postos de coletas. No ano passado, os três serviços conseguiram, juntos, coletar e processar quase dois mil litros de leite humano, beneficiando mais de 3,7 mil crianças. Para facilitar o acesso das mães doadoras ao serviço, a Susam tem a meta de ampliar, neste ano, em mais 20 o número de postos de coleta vinculados aos três bancos de leite da rede, segundo informou a coordenadora estadual de Saúde da Criança, Katherine Benevides.

Como doar?

As mulheres em fase de amamentação que queiram colaborar com os bancos de leite não precisam se deslocar até os postos de coleta. É necessário apenas entrar em contato com uma das unidades do serviço ou um dos postos de coleta e informar que querem ser doadoras. Uma técnica do  serviço fará uma primeira visita à mãe para orientá-la sobre o procedimento correto para retirar e guardar o leite, até que o carro de coleta passe para pegar o produto.   No caso do Banco de Leite da Ana Braga, o contato por ser feito pelos telefones 3647-4234 e 3647-4235, no horário de 7h às 18h, de segunda a sexta-feira.  Os contatos com o Banco de Leite da Galileia podem ser feitos pelo telefone 3643-5523, 3643-5500 ou 98807-7973. O Banco de Leite Fezinha Anzoategui atende no número 3643-8146.  Sempre de segunda a sexta-feira.

Além do leite, o serviço também necessita de doações de frascos de vidros (embalagens de Nescafé ou maionese), que são utilizados como depósito no processo de coleta e armazenamento do produto, disponibilizado às maternidades.

Com informações da assessoria de comunicação

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir