Economia

Banco da Amazônia tem R$ 600 milhões do Plano Safra para a agricultura familia

Os R$ 600 milhões destinados a projetos agrícolas da região Norte do Brasil já estão disponíveis pelo Banco da Amazônia. Estes recursos fazem parte do Plano Safra 2016/2017 que, até 30 de junho de 2017, terá um investimento previsto de R$ 30 bilhões.

Estratégica para a produção de alimentos e segurança alimentar dos brasileiros que residem no campo e na cidade, a agricultura familiar foi fundamental para retirar o Brasil do mapa da fome, fato reconhecido desde 2014 pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

“O Plano Safra 2016/2017 chega para reafirmar esse compromisso do governo, essa conquista histórica. Entre outros motivos, só foi possível a saída do mapa da fome porque ampliou-se a produção de alimentos saudáveis, especialmente os de sistemas de produção de base agroecológica, garantiu-se crédito mais barato para os produtores e ampliou-se a oferta de políticas para a juventude rural na agricultura familiar”, explica Cristina Ferreira Lopes, gerente de Microfinanças e Agricultura Familiar do Banco da Amazônia.

A cada ano, os recursos disponíveis no Plano Safra têm possibilitado ao agricultor familiar condições para dar robustez a seus negócios, especialmente na infraestrutura das propriedades, na ampliação, diversificação, comercialização e no aumento da produção de alimentos. Os investimentos possibilitam, ainda, a dinamização da economia local, gerando emprego e renda e estimulando a fixação do homem no campo.

Aplicações na Amazônia

Nas últimas cinco safras (2011/2012 a 2015/2016), o Banco da Amazônia aplicou R$ 3,32 bilhões na Amazônia, em 167.951 mil contratos. Somente no Plano Safra 2015/2016, foram carreados R$ 548,6 milhões em recursos até o mês de junho passado, em 18.973 mil contratos. Do total dessa safra, R$ 18,8 milhões foram investidos no Amazonas.

Os recursos do Plano Safra, via Pronaf, tem ampliado o acesso ao crédito de jovens, mulheres, comunidades tradicionais, além de promover o fortalecimento de cooperativas e associações. O programa possui taxas de juros bastante atrativas, além de conceder bônus de adimplência para algumas linhas de financiamento.

Mais informações sobre o Plano Safra e Pronaf podem ser obtidas neste site.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir