Dia a dia

Balanço parcial: 427 condutores foram notificados durante a ‘operação Carnaval’, do Detran-AM

Leonel Feitoza, disse que o órgão disponibilizou várias alternativas para atender os condutores e evitar acidentes durante a campanha, mas muitos motoristas desconsideraram as orientações - foto: Arquivo EM TEMPO

Leonel Feitoza, disse que o órgão disponibilizou várias alternativas para atender os condutores e evitar acidentes durante a campanha, mas muitos motoristas desconsideraram as orientações – foto: Arquivo EM TEMPO

Em balanço parcial divulgado na manhã desta segunda-feira (8), o Departamento Estadual do Trânsito do Amazonas (Detran-AM) informou que, desde às 14h da última quarta-feira (3) até madrugada de segunda-feira (8), 427 condutores de veículos foram notificados durante a operação Carnaval 2016.

Dentre estes, 298 motoristas foram flagrados por embriaguez ao volante, sendo que 11 se recusaram a fazer o teste do bafômetro. Além disso, 300 foram apreendidos por documentação irregular.

Mesmo com fiscalizações em pontos estratégicos da capital e a implantação do Disque Pileque, – que recebeu 112 chamadas, sendo 60% trote -, 20 atendimentos foram realizados com sucesso, porém, 25 acidentes de trânsito foram registrados com cinco vítimas fatais.

O presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, disse que o órgão disponibilizou várias alternativas para atender os condutores e evitar acidentes durante a campanha, mas muitos motoristas desconsideraram as orientações.

“Nós demos quatro opções aos condutores que iriam curtir o Carnaval, mas infelizmente muitos condutores foram flagrados alcoolizados na direção. Vamos intensificar as blitz permanentes e itinerantes para fiscalizar as irregularidades no trânsito”, comentou Feitoza.

“Queremos que as pessoas entendam que o Carnaval é momento de alegria, festa e descontração. Não queremos proibir ninguém de se divertir. O intuito é conscientizar os condutores de que álcool e direção não combinam”, disse Feitoza.

As fiscalizações ocorrem nas saídas de Manaus – Ponte Rio Negro, na barreira que dá acesso as rodovias AM-010 e BR-174, além de blitz em várias zonas da cidade e também próximos à casas de show.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir