Super Máquinas

Autônomos são testados nas estradas europeias

Os clientes do Grupo PSA poderão viajar até 2 mil quilômetros com carros autônomos – Divulgação

Enquanto a marca japonesa Nissan apresentou seus protótipos em Londres, na Inglaterra, o Grupo PSA, fabricante das marcas francesas Peugeot e Citroën, conseguiu a liberação para realizar testes em estradas da França com pilotos não profissionais, de preferência clientes.

Fabricantes de autos iniciaram uma corrida na Europa para testar as suas tecnologias de veículos de passeio autônomo. Enquanto, em Londres, a japonesa Nissan apresentou oficialmente ao público a nova geração dos protótipos, que trafegaram pelas vias públicas da parte leste da cidade inglesa, o grupo PSA inicia neste mês, na França, os testes com as suas três marcas, Peugeot, Citroën e DS.

É a primeira vez que a Nissan demonstra sua tecnologia de carro autônomo em ruas da Europa. A fabricante já realizou testes em rodovias públicas no Japão e nos Estados Unidos para entender como aplicar a tecnologia autônomo em veículos de modo fácil nas situações cotidianas da vida real.

Os ocupantes dos bancos de passageiros e traseiros do veículo autônomo tiveram a oportunidade de experimentar a tecnologia, que consiste em radares de ondas milimétricas, scanners a laser, câmeras, chips de computador de alta velocidade e uma interface HMI (Human Machine Interface) especializada – apenas para citar alguns. Tudo isso permite que o veículo opere de forma autônoma em rodovias e estradas urbanas da cidade, uma vez que os pontos de destino são inseridos no sistema de navegação.

Para o vice-presidente sênior de pesquisa e engenharia avançada da Nissan, Takao Asami, a inovação e a engenhosidade estão no coração da marca e de sua equipe. “Esse teste da próxima tecnologia autônoma da Nissan nas condições exigentes das ruas de Londres sublinha o compromisso de entregar a nossa visão de mobilidade inteligente aos nossos clientes”, disse.

O teste de Londres segue os recentes anúncios de que tanto o crossover Qashqai como a próxima geração do Nissan Leaf estarão mais próximos do futuro, pois os dois modelos serão equipados com a tecnologia autônoma ProPilot para permitir uma condução autônoma de mão única em estradas.

Enquanto isso, no ano passado no Japão, a Nissan lançou a van Serena, seu primeiro modelo a ser equipado com a ProPilot. Em dezembro, a tecnologia levou a Serena a ganhar o prêmio “Carro do Ano 2016-2017” da Conferência de Jornalistas e Pesquisadores Automotivos do Japão (RJC).

Há planos para que a tecnologia seja introduzida nos mercados dos EUA e da China. Uma rodovia com tecnologia de condução autônoma permitirá ao veículo a mudança automática de faixa, sistema que está previsto para 2018, enquanto a condução autônoma em estradas urbanas e em cruzamentos tem lançamento esperado para 2020.

Pioneiro

O Grupo PSA foi o primeiro fabricante de automóveis a obter as autorizações francesas para realizar testes e modo autônomo, com condutores não especialistas. Com os testes agendados para este mês, a empresa tem convidado clientes para fazer viver a experiência com essa nova tecnologia.

Desde julho de 2015, os protótipos do Grupo PSA são conduzidos por pilotos especialistas. Eles já percorreram, aproximadamente, 120 mil quilômetros em estradas europeias. Os clientes selecionados poderão viajar até 2 mil quilômetros em estradas francesas.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top