Dia a dia

Autônomo morre ao ser baleado no rosto, na Zona Leste

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) - foto: Josemar Antunes

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) – foto: Josemar Antunes

O autônomo Bruno Belém da Cunha, 24, morreu na madrugada desta segunda-feira (16), no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, Zona Leste, após ser atingido com um tiro no rosto na noite da última sexta-feira (13). O crime ocorreu na rua Endro Comunidade São Francisco de Assis, Tarumã, Zona Oeste.

De acordo com a Polícia Civil o crime foi motivado por vingança, pois a vítima havia denunciado os frequentes assaltos que estavam ocorrendo no bairro.

No momento do crime, conforme o Centro Integrado de Operações (Ciops), o jovem estava em frente a Escola Municipal Irmã Serafina Siqueira quando dois homens, não identificados, o abordaram e começaram a agredi-lo com socos e chutes. Durante a agressão um dos suspeitos efetuou um tiro, que atingiu o rosto do rapaz.

O autônomo ainda foi socorrido por populares e levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), que fez a remoção do corpo, o rapaz teve morte cerebral.

O crime será investigado a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir