Dia a dia

Autônomo é executado na Zona Oeste com cinco tiros na cabeça

O autônomo Muramed Matias Abdel Mussa, 36, foi assassinado com cinco tiros na cabeça, na rua Clóvis Barroso Braga, conjunto Rio Xingu, bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. O corpo de Muramed foi encontrado por vizinhos que escutaram o barulho dos tiros.

O crime ocorreu por volta das 20h30 desta quarta-feira (1º) e, assim que ouviram disparos de arma de fogo, os moradores do conjunto acionaram os policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O corpo de Muramed foi encontrado por moradores ao lado da igreja Católica Santa Rosa, mesmo local onde o corpo de uma mulher foi encontrado, também na tarde de ontem.

“Primeiro eu ouvi dois disparos e, depois de um intervalo, mais três disparos. Tudo aconteceu perto da minha casa, foi um desespero, eu estava sozinha com meus três filhos. Os barulhos foram tão alto que nos jogamos no chão dentro de casa. Só saí depois que tudo se acalmou e me deparei com o corpo estendido no chão”, relatou uma dona de casa de 32 anos que preferiu não se identificar.

De acordo com a polícia, Muramed tem passagem pelo crime de tráfico de drogas. E o assassinato tem as características de um possível acerto de contas. Moradores também relataram à polícia que antes dos disparos ouviram barulho de motocicleta pela rua.

Um veículo Corsa, de cor vermelha e placas não identificadas, estava próximo ao corpo. As suspeitas são que Muramed estava conduzindo o veículo quando foi cercado pelos autores do crime e assassinado. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) estava no bolso da bermuda da vítima e dentro do veículo os policias encontraram documentos de uma mulher.

O corpo de Muramed foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Daniel Landazuri
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir