Holofotes

Áudio em que MC Biel assedia repórter em entrevista é vazado

O cantor MC Biel é acusado por uma repórter do “iG” de tê-la assediado durante uma entrevista. Em áudios divulgados nesta segunda-feira (6) pelo programa “Cidade Alerta” (Record), o artista chama a jornalista, que não quis se identificar, de “gostosinha” e diz que a “quebraria no meio” caso mantivessem relações sexuais.

Como resultado da polêmica, o funkeiro foi cortado da condução da tocha olímpica pelo Comitê Rio-2016.

De acordo com o “iG”, o assédio à jornalista aconteceu em diversos momentos de uma entrevista realizada no mês de maio, que servia para divulgar o novo CD do artista.

“Mano, que ‘ramelona’ essa mina. Vai, dá desconto porque ele é gostosinha”, disse o cantor ao atender o telefone no áudio divulgado pelo programa de Marcelo Rezende.

Segundo o “iG”, Biel pediu para a profissional responder a uma ligação que ele havia recebido no celular. Depois que a repórter disse ao aparelho que o cantor não poderia falar naquele momento, foi chamada de “cuzona”.

Em outro trecho, a profissional questiona sobre a prática de dar um beijo na boca, um selinho, das fãs.

“Te incomoda quando pedem selinho?”, pergunta a repórter na gravação.

“Não. Eu dou. Você quer um?”, diz o cantor.

“Não, obrigada”, responde a jornalista.

“Tá bom. A gente tenta, né? Não é famosa, mas tem (inaudível)”, declara Biel.

Em outro ponto da conversa, o artista disse que “quebraria a repórter no meio” (supostamente em uma relação sexual) ao ouvir que tinha praticamente a mesma idade que ela.

“Eu sou PhD no que eu faço. Vocês estão se formando, gente. Respeite os mais velhos. Só não tenho barba, mas tenho 20 anos”, disse ele no áudio divulgado pelo “Cidade Alerta”.

“No meu caso, eu tenho 21”, responde a repórter.

“Menina, se eu te pego, eu te quebro no meio. Então você não pode falar nada”, acrescenta.

Ainda segundo o “Cidade Alerta”, mas em um trecho cuja gravação não foi mostrada, Biel diz que levaria a repórter para o hotel caso ela fosse a última a fazer a entrevista com ele naquele dia – ela foi a penúltima.

O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo.

Outro lado

Procurada pelo “F5” na última semana, a assessoria de imprensa de MC Biel afirmou que a situação da entrevista não foi bem interpretada.

“O cantor Biel sempre teve muito respeito e admiração pelas mulheres e seu público. Lamentamos que tenha ocorrido uma má interpretação dos fatos, pedimos desculpas em nome do cantor. O advogado tomara as medidas cabíveis para esclarecer o caso”, afirmou a assessoria em nota.

Neste domingo (5), o cantor publicou uma longa mensagem no Instagram afirmando que foi um mal entendido e que suas declarações para a repórter foram dadas em tons de brincadeiras entre adolescentes.

“Não consigo entender como não levaram na brincadeira, já que se tratava de mim, né, um cara que perde o amigo, mas não perde a piada”, disse. “Na entrevista, tivemos um clima totalmente descontraído, todo mundo ria, como adolescentes que somos, e em nenhum momento a repórter se sentiu ofendida, tanto é que as brincadeiras continuaram assim como a entrevista”, declarou.

“Tudo não passou de um mal entendido e já está tendo as medidas cabíveis sendo tomadas. Só queria entender como que em sã consciência eu falaria tudo o que falei se fosse na maldade, sabendo que estava sendo filmado e ciente da presença de mais umas cinco pessoas na sala na hora da entrevista”, acrescentou.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir