Sem categoria

Audiência pública irá discutir situação de lixeira pública de Parintins

A audiência será na próxima quarta-feira (18)  - foto: Tadeu de Souza

A audiência será na próxima quarta-feira (18) – foto: Tadeu de Souza

Uma audiência pública para discutir medidas relacionadas à lixeira pública de Parintins ( a 369 quilômetros da capital) foi o resultado da manifestação realizada na tarde de nesta terça-feira (10) por moradores da zona este da cidade, onde está localizado o lixão a céu aberto, alunos e professores do campus da Universidade Estadual do Amazonas (UEA). A audiência será na próxima quarta-feira (18).

Depois de caminhar pelas ruas da cidade, os manifestantes, portando cartazes, apitos, e outros adereços se concentraram em frente ao prédio, onde funciona a Câmara Municipal, no centro da cidade, gritando palavras de ordens contra a situação da lixeira que vem se agravando a cada dia com explosões e focos de incêndios no local o que dá origem a uma intensa

O professor Rafael Belan, do curso de comunicação social, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), disse que a situação chegou ao nível. “Não é só a lixeira que está queimando, a politica partidária está queimando, a segurança da cidade está queimando, o Meio-Ambiente e outras questões que não podemos aceitar como está”, afirmou.

O presidente do bairro Pascoal Allágio, um dos mais atingidos pela fumaça da lixeira, Márcio Santana, afirmou que a gravidade da situação exige uma posição das autoridades o mais depressa possível.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir