Esportes

Atlético-PR vence, mantém liderança e afunda Vasco na zona da degola

Fazendo da Arena da Baixada seu “caldeirão”, o Atlético-PR não deixou chances para o desfalcado Vasco, venceu na noite deste sábado (6) por 2 a 0 e manteve a liderança do Campeonato Brasileiro com 15 pontos, dois à frente do vice São Paulo.

O time cruzmaltino, por sua vez, chegou ao oitavo jogo sem vencer, sendo a terceira derrota consecutiva, e afundou na zona do rebaixamento, sendo agora o penúltimo colocado na tabela da competição.

Ambos os gols saíram somente no segundo tempo, com Nikão, aos 14 min, e Ytalo, aos 46 min.

O JOGO

O jogo começou a todo o vapor, com o Atlético-PR sendo empurrado por sua torcida e o Vasco tentando segurar a pressão. Aos 11 min, o time da casa teve sua melhor oportunidade, quando fez uma bela jogada pela esquerda e a bola sobrou livre para Giovanni. De frente para o gol, ele pegou mal na bola e a isolou.

Já a equipe carioca explorava os contra-ataques e as bolas paradas. Numa delas, o zagueiro Rodrigo, com seu tradicional chute forte, experimentou da intermediária e o goleiro Weverton bateu roupa, assustando os atleticanos.

Na etapa final, o jogo continuou bastante disputado, mas o Atlético acabou sendo beneficiado por uma penalidade onde o volante Lucas puxou a camisa do zagueiro Gustavo dentro da área.
Nikão chamou a responsabilidade e bateu com categoria para abrir o placar aos 14 min.

Necessitando da vitória de qualquer maneira, o técnico Doriva colocou em campo Jhon Cley e Riascos para dar mais ofensividade ao time e Rafael Silva chegou a cabecear uma bola na trave, mas foi só.

Já no fim do jogo, Ytalo marcou o segundo do time paranaense e fechou o placar.

ATLÉTICO-PR

Weverton; Eduardo, Gustavo, Kadu e Natanael (Guilherme Arana); Otávio, Hernani e Nikão (Jadson); Giovanni (Ytalo), Douglas Coutinho e Walter.
T.: Milton Mendes

VASCO

Charles, Madson, Luan, Rodrigo e Julio César (Jhon Cley); Serginho (Jackson Caucaia) e Lucas; Julio dos Santos (Riascos), Biancucchi e Rafael Silva; Thalles.
T.: Doriva

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Público e renda: 16.750 / R$ 340.420,00
Cartões amarelos: Eduardo, Weverton, Walter, Nikão (A); Julio dos Santos, Lucas, Emanuel Biancucchi (V)
Gols: Nikão, aos 14 min do 2º tempo; Ytalo, aos 46 min do 2º tempo

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir