Esportes

Atlético-MG vence o Santa Cruz e se aproxima do G4

São sete vitórias do Atlético-MG nas últimas nove rodadas do Nacional. A última delas diante do Santa Cruz, neste sábado (30), no Independência, em Belo Horizonte. Com gols de Robinho, Fred e Luan a equipe mineira venceu por 3 a 0 e chegou a 81% de aproveitamento nos últimos nove jogos. Triunfo presenciado por um torcedor especial.


Com a vitória, o Atlético assume a quinta posição, com 29 pontos, e se aproxima do G4. Já o Santa Cruz permanece com 17 pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Muito da boa fase do Atlético se deve ao bom momento que vive Robinho. Desde que chegou ao clube, em fevereiro, o atacante atravessa o melhor período com gols, assistências e muita participação nos jogos. Contra o Santa Cruz, não foi diferente. Robinho fez mais uma boa partida, anotou o primeiro gol da noite e participou das jogadas do segundo e do terceiro.

O sistema defensivo do Santa Cruz não conseguiu parar o Atlético. Mas um jogador sofreu um pouco mais: o jovem zagueiro Luan Peres, 22. A tarefa de parar um ataque formado por Fred, Robinho e Lucas Pratto não é nada fácil. Peres foi facilmente batido e acabou protagonista da partida ao ser driblado por Robinho, após o atacante pedalar várias vezes.

Por mais de um mês o torcedor do Atlético aguardava o momento de ver Fred e Lucas Pratto juntos, desde o começo de uma partida. Se contra o Coritiba eles já tiveram a oportunidade de atuar juntos, contra o Santa Cruz os dois foram titulares. Fred ficou mais avançado, com Pratto fazendo a função de um meia central, na trinca de três armadores adotada por Marcelo Oliveira.

DESFALQUE

Um cartão amarelo aos 23 minutos do primeiro tempo, tirou o volante Leandro Donizete da partida contra o São Paulo, na quinta-feira, no Morumbi.
ATLÉTICO-MG

Victor, Carlos César (Patric), Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca e Maicosuel (Júnior Urso); Lucas Pratto (Luan), Robinho e Fred. T.: Marcelo Oliveira

SANTA CRUZ

Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Jadson (Lelê), Derley e Danilo Pires (Arthur); Keno e Grafite (Fernando Gabriel). T.: Milton Mendes

Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 16.804 pagantes
Renda: R$ 686.660,00
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Leandro Donizete (A), Derley, Grafite e Uillian Correia (S)
Gols: Robinho, aos 22 min do primeiro tempo; Fred, aos 21, e Luan, aos 25 min do segundo tempo

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir