Esportes

Atlético-MG tenta repetir feito de 2011 na Ressacada

Avaí e Atlético-MG não se enfrentam desde Brasileiro de 2011. Portanto, foi naquele ano a última vez que o time mineiro esteve na Ressacada, em Florianópolis, local da partida desta quarta-feira (3), pela quinta rodada do Nacional, às 22h.

E a última visita alvinegra ao estádio do Avaí é de boas recordações para os atleticanos, já que o Atlético se tornou líder do campeonato ao vencer em Santa Catarina.

A partida disputada em 28 de maio de 2011 valeu pela segunda rodada e o time mineiro venceu por 3 a 1, de virada. O atacante Fábio Santos marcou para os donos da casa, mas o Atlético virou com gols dos zagueiros Réver e Leonardo Silva, duas vezes. Com o triunfo a equipe dirigida por Dorival Júnior chegou aos seis pontos e cinco gols de saldo, se tornando líder da competição.

Quatro anos depois, o Atlético pode assumir a liderança mais uma vez em caso de novo triunfo na Ressacada. Além de vencer o Avaí, o time alvinegro torce por tropeços de Atlético-PR e Ponte Preta, além de um empate no confronto entre Sport e Goiás. Essa combinação colocaria o Atlético na primeira colocação do Brasileiro, meta de momento para o clube. E para conseguir o primeiro triunfo como visitante, os atleticanos projetam repetir a boa atuação da goleada sobre o Vasco.

“Jogando bem, como a gente vem jogando. Não tem outro segredo. Se trouxer um pontinho já está de bom tamanho, só não podemos perder. E nos anos passados pecamos muito em casa e perdemos para equipes que estavam lá embaixo na tabela. Espero que esse ano a gente erre menos, para chegar à liderança e não sair dela mais”, comentou Luan.

Considerando somente os confrontos pela Série A do Brasileiro, o Atlético jamais perdeu para o Avaí. São três vitórias e três empates nos duelos que aconteceram entre 2009 e 2011, período que a equipe catarinense esteve na elite do futebol brasileiro. O retrospecto geral aponta ampla vantagem alvinegra, com sete vitórias em 12 partidas e somente uma derrota.

Entre os jogadores do elenco do Atlético, um deles conhece bem o adversário desta quarta. Catarinense, o lateral direito Patric já passou pelo Avaí e fez uma análise sobre o rival alvinegro na quinta rodada do Brasileiro.

“O Avaí vem de uma vitória e é uma equipe que está em formação e conta com alguns jogadores do Atlético que não vão jogar. Mas dentro de casa é muito forte, pressionam muito bem o adversário. Temos que entrar ligados, ficar atentos pois têm jogadores rápidos nas beiradas. Temos que neutralizar também a bola aérea. Porém o Marquinho está fora e isso é ruim para eles. O Avaí não fez um bom estadual, mas vem bem no Brasileiro e marcam muito. O normal é ficarem um pouco atrás e nos deixarem procurar as jogadas ofensivas”.

Atlético e Avaí têm sete pontos. O time mineiro leva vantagem no saldo de gols e é o quinto colocado. A equipe catarinense ocupa a sétima posição.

Lesionados, Guilherme e Dátolo nem viajaram para Florianópolis e desfalcam o Atlético.

Já o time da casa não poderá contar com Renan Oliveira e Emerson, por questões contratuais.

AVAÍ
Vagner; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Jéci e Romário; Renan, Eduardo Neto, Pablo e Marquinhos; Hugo e Anderson Lopes
T.: Gilson Kleina

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Giovanni Augusto, Luan e Thiago Ribeiro; Lucas Pratto
T.: Levir Culpi
Estádio: Ressacada, em Florianópolis
Horário: 22h
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir