Mundo

Atiradora dos EUA prometeu lealdade ao Estado Islâmico, dizem autoridades

A mulher que ajudou no ataque a tiros em San Bernardino, Califórnia, prometeu lealdade ao Estado Islâmico em um post no Facebook, de acordo com o FBI, a polícia federal americana.

Não há evidências de que a facção terrorista dirigiu a mulher, Tashfeen Malik, e seu marido, Syed Rizwan Farook, a realizar o ataque, que deixou 14 mortos e 21 feridos, disseram as autoridades, que falaram sob condição de anonimato pelo fato de a investigação estar em andamento.

“Por enquanto, acreditamos mais que eles se radicalizaram sozinhos e foram inspirados pela milícia do que receberam ordens para fazer o crime”, disse uma das autoridades.

O post foi retirado da rede social e não está claro quando os oficiais federais o obtiveram.

Por Folhapress

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top