Dia a dia

Atirador que matou maquiador em salão no Vieiralves é preso em Careiro da Várzea

 

 

Uma operação conjunta da Polícia Civil do Amazonas resultou na prisão de Diego Sabino de Araújo, conhecido como “Olhão”, nesta segunda-feira (11), no município de Careiro da Várzea (distante 25 km de Manaus). Ele estava sendo procurado após matar a tiros o maquiador João Felipe Oliveira Martins, de 23 anos, no dia 30 de agosto em um salão de beleza, localizado no conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus.

Policiais das delegacias especializadas em Homicídios e Sequestros (DEHS), Capturas e Polinter (Polinter), 35ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Careiro da Várzea, e Delegacia Fluvial (Deflu), participaram da operação policial realizada para localizar e prender Diego.

Leia também: Câmera de segurança flagra execução de maquiador em salão no Vieiralves

Nesta segunda-feira (11), Gessica Alves Alho, de 24 anos, que também está envolvida na morte de João, foi apresentada na sede da DEHS, Zona Leste, onde disse que não conhece Diego e que apenas recebeu uma ligação anônima com uma proposta de ganhar R$ 500 para acompanhar o atirador até o salão.

Diego foi preso em Careiro pela Polícia Civil do Amazonas – Divulgação/PC-AM

De acordo com o delegado Juan Valério, titular da DEHS, “Olhão”, já havia sido preso pelo crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. O suspeito ainda era conhecido por ser um dos traficante do bairro Mauazinho.

A previsão é que Diego seja transferido ainda na noite desta segunda para Manaus, onde será autuado pelo homicídio do maquiador e, posteriormente, apresentado durante coletiva de imprensa.

Crime

O maquiador estava trabalhando normalmente em um salão de beleza, localizado na rua Tanauacá, Vieiralves, quando foi baleado com 4 tiros e morreu. O crime ocorreu no dia 30 de agosto, por volta das 15h30. A perícia informou que os disparos atingiram o tórax, a cabeça, uma das mãos e uma das pernas de Felipe. Os clientes e demais funcionários não foram ficaram feridos.

Isac Sharlon
EM TEMPO

Leia mais:

Mulher que aparece em vídeo dando apoio ao assassino de cabeleireiro é presa pela PC

Suspeita diz que receberia R$ 500 por morte de cabeleireiro; atirador é identificado

Desaparecido há dois dias, cabeleireiro é encontrado morto em Igarapé

 

 

1 Comment

1 Comment

  1. Alex

    11 de setembro de 2017 at 20:48

    Parabéns!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir