Mundo

Atentados no Nordeste da Nigéria deixam pelo menos 14 mortos

Pelo menos 14 pessoas foram mortas e 39 ficaram feridas em quatro atentados suicida ocorridos na noite de ontem (1º) em Maiduguri, no Nordeste da Nigéria, anunciou hoje (2) o Exército nigeriano. “Até ao momento tivemos a confirmação de 14 mortos, incluindo os suicidas, e 39 feridos”, indicou o quartel-general da Defesa em Abuja.

O grupo radical islâmico nigeriano Boko Haram tem usado crescentemente homens-bomba, tendo como alvo civis, incluindo em Maiduguri, onde em 20 de setembro uma série de ataques matou pelo menos 117 pessoas.

Agentes locais e um oficial da polícia na capital do estado de Borno disseram inicialmente que se registraram sete explosões na área de Ajilari Cross e que pelo menos duas bombas eram transportadas por mulheres.

Os militares indicaram hoje que, “embora os pormenores continuem imprecisos, quatro terroristas do Boko Haram detonaram os seus coletes simultaneamente”, “três na mesma zona e um quarto em frente a uma mesquita”.

O Exército da Nigéria tem reivindicado uma série de ataques ao Boko Haram nas últimas semanas, o que levou muitos a terem receio de um aumento dos ataques contra a população no Nordeste.

Pelo menos 17 mil pessoas morreram e mais de 2,5 milhões tiveram de abandonar as suas casas desde que a revolta do Boko Haram começou, em 2009.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir