Sem categoria

Atenção cinéfilos! A partir de 2016, heróis de HQs prometem movimentar cinemas

A sequência dos mutantes de ‘X-Men Apocalypse’ está programado para o dia 27 de maio – fotos: divulgação

A sequência dos mutantes de ‘X-Men Apocalypse’ está programado para o dia 27 de maio – fotos: divulgação

Das adaptações de Histórias em Quadrinhos (HQs), o calendário do cinema de 2016 promete ser um dos mais incríveis para os apaixonados por histórias de heróis e heroínas, e porque não dizer também de grandes vilões. Serão pelo menos oito filmes de personagens produzidos por grandes estúdios como a Fox, Warner, Sony e Marvel que já têm suas agendas de produção e estreias até 2020.

A expectativa dos cinéfilos segue pelas sequências de superproduções como a dos heróis do mundo Marvel, que serão novamente reunidos na franquia dos Vingadores, com o ‘Capitão América 3: Guerra Civil’, agendado para o dia 28 de abril, e a construção das conexões do mundo DC Comic com o longa ‘Batman v Superman – A Origem da Justiça’, produzido pela Warner, que estreia no dia 24 de março.

Marcados pelo tom político, os longas dos personagens concorrentes mostrarão um momento confuso na vida dos heróis. Enquanto Steven Rogers (Chris Evans), o Capitão América, formará um novo grupo de Vingadores para combater a equipe de Tony Stark (Robert Downey Jr.), o Homem de Ferro, que passou a defender a política de controle sobre a existência de heróis do governo norte-americano, Bruce Wayne (Ben Affleck), o Batman confrontará Clark Kent (Henry Cavill), o Superman, depois que algumas ações do filho do planeta Krypton, em ‘O Home de Aço’, ter dividido a opinião da população sobre a sua permanência no plante Terra.

Antes previsto para estrear em 2015, segundo o jornalista Aristeu Santos, o longa da Warner foi transferido inicialmente para o mês de maio de 2016 e depois para março, para não confrontar bilheteria com Capitão América “A Marvel já conseguiu se estabelecer nos cinemas, com os seus principais heróis – Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Homem Aranha. Mas, ainda ponho uma interrogação em Batman v Superman, que tem Ben Affleck como Batman. Ele não teve atuação das melhor quando interpretou Demolidor – O homem sem medo (2003)”, avalia Ari, um apaixonado por esse tipo de conteúdo cinematográfico.

superherois-1-divulg

No calendário de 2016, a disputa entre as duas gigantes criadoras de heróis, a Marvel segue disparada com a transformação dos seus HQs em filmes, como será com a sequência dos seus mutantes em ‘X-Men Apocalypse’ (Fox), programado para o dia 27 de maio. Mas, a grande expectativa, segundo ele, está na investida da Warner com a reunião dos vilões mais famosos da DC, como Coringa, Arlequina, Pistoleiro, Capitão Bumerangue e Rick Flagg, que formarão o ‘Esquadrão Suicida’, programado para o dia 4 de agosto.

“Acredito que o Esquadrão Suicida, com Jared Leto (Coringa), sob a direção de David Ayer, é ainda mais esperado do que Batman v Superman. Claro que todos que assistiram o Coringa com Jack Nicholson (Batman / 1989) e Heath Ledger (Batman – O Cavaleiro das Trevas / 2008) também poderão se surpreender com Leto”, observa.

Até o mês de setembro, a franquia ‘Vingadores: Era de Ultron’ foi a terceira maior bilheteria do mundial acumulada, com US$ 1,4 bilhão, atrás de “Jurassic World” (US$ 1,6 bi) “Velozes e Furiosos 7” (US$ 1,5 bi). No Brasil o longa foi a maior estreia com R$ 37 milhões e nos EUA a segunda com US$ 191,2 milhões. Na bilheteria acumulada deste ano, até setembro, o ‘Homem Formiga’ é outro herói de HQs que aparece como a décima no Brasil com R$ 41,7 milhões e nos EUA é a nona com R$ 177,8 milhões.

Nem todos os filmes de heróis conseguiram bons resultados neste ano como foi o caso do ‘Quarteto Fantástico’, produzido pela Fox. Com orçamento de US$ 125 milhões, o filme teve arrecadação mundial de US$ 146,7 milhões, mas com expectativa de perdas de US$ 80 milhões a US$ 100 milhões.

Por Emerson Quaresma

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir