Mundo

Ataques russos na Síria vão agravar conflito, alerta coligação internacional

Os bombardeios aéreos da Rússia na Síria vão agravar o conflito, advertiram hoje (2) países-membros da coligação contra o Estado Islâmico liderada pelos Estados Unidos,. Eles pediram a Moscou que pare imediatamente de atacar forças da oposição síria.

“Essas ações militares constituem nova escalada e só vão gerar mais extremismo e radicalização”, afirmam sete países-membros da coligação, incluindo a Turquia, a Arábia Saudita e os Estados Unidos, em declaração divulgada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros turco.

“Pedimos à Federação Russa que cesse imediatamente os ataques contra a oposição síria e os civis”, acrescenta a declaração, também publicada nos sites dos ministérios dos Negócios Estrangeiros da Alemanha e França.

Para a coligação, a Rússia deve “centrar os seus esforços no combate ao Isil”, sigla alternativa para designar o grupo jihadista Estado Islâmico.

A Rússia tem insistido que os seus bombardeios visam apenas ao Estado Islâmico, mas os Estados Unidos e seus aliados afirmam que outros grupos de oposição ao presidente Bashar Al Assad foram atacados.

A declaração manifesta “profunda preocupação” com os ataques russos que “causaram mortes de civis e não visaram” à organização.

A declaração é assinada pela Alemanha, Arábia Saudita, os Estados Unidos, a França, o Catar, Reino Unido e a Turquia.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir