Mundo

Ataque ao Parlamento afegão termina com morte de sete talebans

Um ataque contra o Parlamento do Afeganistão terminou nesta segunda-feira (22) com a morte dos sete insurgentes talebans que realizaram a investida detonando vários explosivos e enfrentando a tiros as forças de segurança, em uma ação que deixou ao menos 18 civis feridos, embora nenhum entre os legisladores.

O porta-voz da polícia de Cabul, Ebadullah Karimi, disse à agência Efe que seis agressores morreram poucos minutos após iniciado o ataque e a área estava sob controle das forças de segurança afegãs.

No entanto, o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Sediq Sediqqi, elevou o número de talebans mortos para sete em mensagem na rede social Twitter, onde ressaltou que não houve vítimas entre os legisladores.

Karimi assinalou que não houve vítimas entre os militares e policiais afegãos.

Várias das detonações que aconteceram no ataque se deveram à explosão de um depósito de munição das forças de segurança afegãs que fica no prédio do Parlamento.

O porta-voz do ministério da Saúde Pública, Ismail Kawusi, informou que 18 civis ficaram feridos no ataque e foram levados ao hospital Istiqlal, centro de saúde próximo à sede legislativa.

A fonte disse que entre os feridos há três mulheres e duas crianças.

Na sessão Câmara Baixa desta segunda estava previsto tratar a nomeação de Masoum Stanekzai como novo ministro da Defesa, designação que deve ser ratificada no Parlamento.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir