Mundo

Ataque a shopping nos EUA deixa 5 mortos

Um homem armado com um fuzil abriu fogo no shopping Cascade Mall e matou ao menos cinco pessoas - foto: Associated Press

Um homem armado com um fuzil abriu fogo no shopping Cascade Mall e matou ao menos cinco pessoas – foto: Associated Press

Um homem armado com um fuzil abriu fogo em um shopping em Burlington, nos Estados Unidos, e matou ao menos cinco pessoas na noite de sexta-feira (23).


As vítimas são quatro mulheres, que morreram na sexta, e um homem, que foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Horas depois do ataque, no sábado, a polícia prosseguia procurando o atirador.

O porta-voz da Polícia Estadual, sargento Mark Francis, descreveu o suspeito pelo tiroteio no shopping Cascade Mall como um “hispânico vestido de cinza”.

A polícia está analisando as gravações das câmeras de segurança do shopping, que mostram o suspeito carregando um fuzil. Equipes de resgate trabalharam na área do shopping, liberando lojas e retirando alguns clientes que se trancaram em provadores.

“Uma tragédia atingiu Washington nesta noite. Nossos corações estão em Burlington”, disse o governador Jay Inslee.

O shopping Cascade Mall, na cidade que fica a cerca de 100 quilômetros de Seattle, foi evacuado e os serviços de emergência chegaram ao local durante a noite para socorrer os feridos após a polícia indicar que não havia mais risco.

Após o ataque, o suspeito foi visto caminhando em direção à estrada interestadual, pouco antes da chegada da polícia. Ele está sendo “procurado ativamente” em uma vasta operação de captura.

“Testemunhas estão sendo interrogadas e logo decidiremos os passos a seguir”, disse o porta-voz da polícia.

Em entrevista a uma rádio local, testemunhas revelaram que o homem entrou caminhando no shopping e abriu fogo. “Ouvi um disparo e depois fiquei parado um pouco, e vi duas ou três pessoas que começaram a sair correndo, gritando ‘armas’ e depois ouvi um disparo e depois outro”, contou Armando Patino, que trabalha numa loja de celulares.

O FBI informou que está colaborando com as autoridades locais e enviou reforços, mas disse não ter informações sobre risco de outros ataques planejados nos EUA.

O shopping permaneceu fechado ao longo do sábado.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir