Mundo

Ataque à igreja deixa ao menos seis mortos na Nigéria

Um homem-bomba matou, neste domingo (5), ao menos seis pessoas em uma igreja de Potiskum, cidade da região nordeste da Nigéria, atingida no passado por ataques supostamente do Boko Haram, disseram uma testemunha e um funcionário da Cruz Vermelha.

“As pessoas ainda estavam entrando na igreja quando o homem explodiu, caso contrário o número de vítimas seria maior”, disse o funcionário da Cruz Vermelha Hassan Alhaji Muhammad, que visitou o local do atentado.

Uma testemunha, Garba Manu, contou que o homem-bomba chegou à igreja às 9h55 (5h55, no horário de Brasília), vestido como se fosse um fiel, e acionou seus explosivos ao entrar no edifício.

“Eu o vi entrando na igreja sem levantar qualquer suspeita”, acrescentou.

O ataque ainda não foi reivindicado, mas desde o lançamento da insurgência islâmica do Boko Haram, há seis anos, Potiskum tem sido regularmente alvo de ataques, vários deles suicidas.

Durante o Ramadã, a Nigéria, com centenas de pessoas mortas pelo Boko Haram em poucos dias, viu sua pior semana desde que o novo presidente, Muhammadu Buhari, tomou posse em 29 de maio.

A onda de ataques, que começou na quarta-feira (1º), atingiu várias aldeias no estado de Borno, o epicentro da insurgência do Boko Haram, agora filiado ao grupo radical Estado Islâmico.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir