Política

Arthur tem 32% da preferência do eleitorado de Manaus, segundo Ibope; Marcelo Ramos é segundo

Na mesma pesquisa, o atual prefeito aparece em segundo lugar na lista de rejeição, com 29% - foto: divulgação

Na mesma pesquisa, o atual prefeito aparece em segundo lugar na lista de rejeição, com 29% – foto: divulgação

Candido à reeleição, o prefeito Arthur Neto (PSDB), da coligação ‘Por Uma Só Manaus’, está liderando a preferência do eleitorado, segundo Pesquisa Ibope divulgada na noite desta quarta-feira (25), com 32% das intenções de voto. Em segundo lugar vem o candidato Marcelo Ramos (PR), com 16%, seguido de Serafim Corrêa (PSB), com 10% das intenções.

Empatados em quarto lugar com 8% das intenções de votos, aparecem os candidatos Henrique Oliveira (SDD), Hissa Abrahão (PDT) e Silas Câmara (PRB). José Ricardo (PT) aparece com 5% e, empatados nos dois últimos lugares, com 1% cada, os candidatos Luiz Castro (Rede) e Professor Queiroz (Psol). Votos branco/nulo tiveram 8% e não sabe/não respondeu, 3%.

A pesquisa Ibope ouviu 805 eleitores entre os dias 20 e 23 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), sob o protocolo Nº AM-00754/2016, e foi encomendada pela Rede Amazônica de Televisão.

Rejeição
O Ibope também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é a Serafim Corrêa (37%). Na sequência, aparecem Artur Neto (29%), Silas Câmara (24%), Henrique Oliveira (17%), Professor Queiroz (13%), Hissa Abrahão (11%), José Ricardo (11%), Luiz Castro (10%) e Marcelo Ramos (10%).

Os eleitores também avaliaram a administração do prefeito Arthur Neto, que, para 36% dos entrevistados, está ótimo ou bom, enquanto que para 39% está regular e para 24% está ruim ou péssima. Não souberam ou não quiseram responder contabilizaram 2%.

Segundo o Ibope, 49% aprovam a forma como Artur vem administrando o município; 44% declaram que a reprovam. Aqueles que não sabem ou preferem não responder somam 6%.

Problemas
O Ibope também perguntou aos eleitores quais são, na opinião deles, os principais problemas enfrentados hoje na capital. A saúde foi escolhida por 46% dos eleitores, o transporte coletivo (12%), a segurança (9%), a educação (6%), o abastecimento de água (5%), a geração de empregos e calçamento de ruas e avenidas (4%), o trânsito (3%), a corrupção (2%), iluminação pública, limpeza pública, administração pública, impostos e taxas, e rede de esgoto (1%).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir