Sem categoria

Arqueiro amazonense irá conduzir tocha olímpica

 

O arqueiro indígena amazonense Gustavo dos Santos (primeiro da esq. Para dir.) representará o Estado na condução da tocha olímpica – foto: William Lucas/Inovafoto

O arqueiro indígena amazonense Gustavo dos Santos (primeiro da esq. Para dir.) representará o Estado na condução da tocha olímpica – foto: William Lucas/Inovafoto

Ao lado de nomes conhecidos do grande público brasileiro, o arqueiro indígena amazonense Gustavo dos Santos foi selecionado para ser um dos condutores da tocha olímpica no Brasil. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (24) pela Coca-Cola Brasil, patrocinadora dos Jogos Olímpicos, em evento no Rio de Janeiro. O atleta de 19 anos, da etnia Karapanã, sonha com a vaga para representar o país nas Olimpíadas.

Ao todo, 2.400 pessoas terão a oportunidade de conduzir o símbolo olímpico a convite da Coca-Cola. Ontem, cinco condutores foram apresentados. Além do amazonense, o time é formado pela ex-ginasta Laís Souza, a jogadora de vôlei e bicampeã olímpica Fabiana, o cantor Di Ferrero e o youtuber Lucas Rangel. Segundo a multinacional, foram selecionados atletas, artistas, jovens e pessoas com histórias inspiradoras.

Para o atleta amazonense, a oportunidade marca um dos principais momentos de sua carreira.

“É um grande sonho poder ser um dos condutores da tocha olímpica e poder conhecer grandes nomes do esporte, como Gustavo Borges e Maria Esther Bueno. Dois anos atrás, ainda estava na minha aldeia e não imaginava que ia me tornar um atleta de alto rendimento e carregar a tocha olímpica”, declarou Gustavo.

A ex-ginasta Laís Souza revelou estar realizando um sonho. “Em minhas participações em Jogos Olímpicos, eu tinha a imagem muito forte da chama acendendo a pira olímpica. Confesso que ainda não acredito que isso está acontecendo comigo”, contou.
A chama olímpica vai começar a rodar o Brasil no dia 3 de maio, partindo de Brasília (DF). Os condutores da tocha na cidade ainda não foram anunciados, mas políticos não fazem parte do grupo. A tocha passará por 329 cidades, nas 27 unidades federativas do país. Ela vai percorrer mais de 20 mil quilômetros por terra, mais o trecho aéreo, de aproximadamente 10 mil milhas.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir