Sem categoria

Aproximadamente 250 presos tem fuga frustrada no Ipat; dois morrem e dois ficam feridos

Aproximadamente 250 presos tentaram fugir do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no quilometro 8 da BR 174, no início da tarde desta quinta-feira (15), porém, a ação foi frustrada pela Polícia Militar. A informação é do titular da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio. Dois detentos morreram e outros dois  ficaram feridos durante a ação policial.

De acordo com o coordenador do sistema penitenciário, Major Lima Júnior,  o detendo Daniel Castro Neves, 19, do pavilhão C, cela 103, morreu  a caminho Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, na Zona Norte, com um tiro no peito. Já o detento Aslan Charles Martins Silveira, 29, do pavilhão B, cela 108, levou um tiro na cabeça e morreu na hora.  Anderson da Mota Fernandes, 23, também do pavilhão B, cela 209, levou um tiro de raspão na cabeça, e Márcio Oliveira dos Santos, do pavilhão A, cela 104, levou um tiro no braço direito, também encaminhados para o Delphina Aziz.

As primeiras informações davam conta de que havia uma rebelião na cadeia, mas essa afirmação foi negada pelo secretário.

Ainda conforme o titular da Seap, a fuga é em massa. Os 250 presos dos pavilhões A, B, C,  tentaram escapar por meio de uma ‘escada humana’.

Estiveram presentes no local  equipes da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam) da Polícia Militar, o Batalhão da Polícia de Choque e o Batalhão de Guarda da PM.

Os detentos atacaram os policias com pedras, retiradas dos bueiros.

Matéria atualizada às 15h59.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir