Dia a dia

Aproximadamente 160 quilos de carvão vegetal são apreendidos durante fiscalização, na Zona Norte

Kombi transportava carvão vegetal sem Documento de Origem Florestal - foto: Divulgação

Kombi transportava carvão vegetal sem Documento de Origem Florestal – foto: Divulgação

O Batalhão de Policiamento Ambiental apreendeu, na manhã deste domingo (21), 160 quilos de carvão vegetal, durante fiscalização ambiental, na avenida Max Teixeira, Zona Norte de Manaus.

Segundo informações do Batalhão Ambiental, a equipe estava fazendo o patrulhamento de rotina, quando foi avistada uma Kombi de placa JXL-2410, que transportava carvão vegetal. Ao solicitarem o Documento de Origem Florestal para o responsável pela carga, ele informou que não possuía.

O material transportado e o veículo foram conduzidos juntamente ao 15º Distrito Integrado Policial (DIP), onde o envolvido prestou depoimento e realizou os procedimentos cabíveis.

A polícia destacou que a lei de 9605/98, art. 46 de crime ambiental, mostra que “receber ou adquirir, para fins comerciais ou industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente”, terá como pena detenção de seis a um ano, mais a multa.

Da mesma maneira, a punição é aplicada para quem vende, expõe à venda, tem em depósito, transporta ou guarda madeira, esses mesmos materiais, sem a documentação necessária.

O Batalhão Ambiental reforça a importância da população denunciar qualquer situação que envolva crimes ambientais, pelos telefones: 190, 988421547 ou 988023699. E também pelo aplicativo ‘Informe’ da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

Por equipe EM TEMPO Online

Com informações da Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir