Sem categoria

Apresentados responsáveis por ‘saidinha de banco’ que resultou na morte do sargento PM Afonso Camacho

As prisões ocorreram em diferentes zonas da capital e no interior do Estado - foto: Ana Sena

As prisões ocorreram em diferentes zonas da capital e no interior do Estado – foto: Ana Sena

A Polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira (7) seis membros da quadrilha apontada como responsável pelo latrocínio (roubo seguido de morte) do sargento Afonso Camacho Dias, 44, ocorrida no dia 17 de julho.

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Félix, o crime foi confirmado como ‘saidinha de banco’.

Os suspeitos são o técnico de refrigeração Alex Santos de Castro, 26, o motorista Carlos Thiago Teixeira da Silva, 26, a dona de casa Fabrícia Alves da Costa, 26, o mototaxista Luiz Paulo do Nascimento, 27, e os desempregados Marcelo Augusto de Freitas Cabral Santos, 18 e Sergio Silva de Sales, 34. Outros dois suspeitos estão foragidos.

O crime ocorreu no estacionamento de uma agencia do banco Bradesco, localizada no bairro Educandos, Zona Sul da cidade, quando os suspeitos fugiram levando R$ 60 mil da vítima.
As prisões ocorreram em diferentes Zonas da cidade e no interior do Estado.

O delegado explicou como os assaltantes agiram no dia do crime. “Fabrícia e Marcelo planejaram o assalto. Eles observaram dias antes a movimentação da agencia para poder agir, comentou Félix, acrescentando que os suspeitos que atiraram no sargento continuam foragidos.
Os bandidos usaram três veículos para praticar o assalto: um Gol cinza, de placa JXQ–1846, uma Montana cor vinho, placa JXY–9862 e um Stilo Car branco, de placa NOS–3542.

“Já identificamos e sabemos onde os outros suspeitos estão, mas não posso dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações”, afirmou o delegado.

A polícia ainda informou que todos os suspeitos já respondem processos na justiça por crimes de roubo.

O grupo foi autuado por latrocínio e organização criminosa. Após os procedimentos cabíveis os bandidos serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.

Por Mara Magalhães
Colaborou Ana Sena

 

1 Comment

1 Comment

  1. mendes

    7 de agosto de 2015 at 12:46

    Pra achar os responsáveis por matar o sargento foram bem rápido, ainda mais pq envolvia dinheiro, lamentável o que aconteceu e não estou dismerecendo o Militar que faleceu, estou apenas cobrando que se faça o mesmo com os militares que cometem crimes, no caso em questão do william

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir