Dia a dia

Apreendida 3,5 toneladas de pirarucu ilegal em embarcação

O pirarucu estava escondido debaixo de outras espécies de menor valor comercial - foto: divulgação /Batalhão Ambiental

O pirarucu estava escondido debaixo de outras espécies de menor valor comercial – fotos: divulgação /Batalhão Ambiental

O Batalhão de Policiamento Ambiental do Amazonas (BPAmb-AM) apreendeu, aproximadamente, 3,5 toneladas de pirarucu – em mantas frescas e salgadas – na noite desta quarta-feira (7). O produto estava em uma embarcação ancorada nas proximidades da feira da Panair, no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus.


O batalhão recebeu denúncia anônima informando sobre o barco ‘Presente do Pai’.

O pirarucu estava escondido debaixo de outras espécies de menor valor comercial como aruanã, tucunaré e pescada.

O responsável pela embarcação não teve o nome divulgado, mas foi autuado pelo crime de pesca ilegal e enquadrado no Artigo 34 do Código Civil, que pune quem pesca, transporta, comercializa, beneficia ou industrializa espécimes protegidas.

O pirarucu continua na Lei do Defeso, conforme Instruções Normativas 34/2004 e 01/2005 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A pena aplicada pode ser detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

O pescado apreendido foi doado para o Exército.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir