Sem categoria

Após quase três horas sob a mira de uma faca, refém é liberada e bandido se entrega à polícia, no Dom Pedro

refém 2 - Janailton

Policiais militares especializados participaram das negociações – foto: Janailton Falcão

Depois de passar aproximadamente três horas sob a mira de uma faca, a jovem Janaína Salgado Moura, 22, que estava sendo mantida refém por um bandido num centro comercial localizado na rua Paxiúbas, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, foi liberada por volta de 17h15 deste sábado (18).

A negociação foi feita pelo major da Polícia Militar Lima Júnior, comandante da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam). Conforme ele, o criminoso – identificado como Adgelson dos Santos Menezes, 26, estava sob efeito de drogas, o que dificultou um pouco o trabalho. “Ele descumpriu vários acordos. Estava nervoso. A negociação foi cansativa e tensa, mas o princípio desse trabalho é ter paciência”, comentou.

Ainda de acordo com  a polícia, a ação do bandido – que é foragido do regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) – teve início por volta de 14h30, quando ele tentou assaltar uma agência de turismo que fica dentro do centro comercial.

A mulher, que trabalha no local há cerca de dois meses, foi feita refém após Adgelson ser percebido por uma viatura que fazia patrulhamento na área. Agressivo, ele batia a faca no vidro do estabelecimento e fazia ameaças à vítima, que aparentava estar com muito medo.

O homem ameaçava a vítima com uma faca de mesa - foto: Ricardo Oliviera

O homem ameaçava a vítima com uma faca de mesa – foto: Ricardo Oliveira

Nervoso, o bandido pediu a presença da imprensa e chegou a exigir um colete à prova de balas. Familiares da vítima e do criminoso estiveram no local. Um irmão de Adgelson tentou ajudar nas negociações, mas não obteve sucesso.

À pedido do criminoso, um carro foi disponibilizado para que ele deixasse o prédio, sem a refém, mas ele saiu com ela na mira da faca e a polícia teve de intervir. Após jogar a faca no chão, Adgelson foi preso e encaminhado para o 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado por roubo tentado.

O rapaz estava bastante agressivo - foto: Ricardo Oliveira

O rapaz estava bastante agressivo – foto: Ricardo Oliveira

Após o susto, a refém foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Serviço de Pronto Atendimento Alvorada, também na Zona Centro-Oeste, para a realização de exames. Ainda segundo a polícia, suspeita-se que o bandido quisesse estupra-la.

Duas viaturas da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e cinco viaturas da Rocam estavam no local, além de quatro viaturas da Força Tática de Isolamento e da Companhia de Operações Especiais (COE). Eles isolaram a área e ‘snipers’ (atiradores de elite) chegaram a se posicionar na mata e em pontos estratégicos da galeria de lojas para agir se fosse preciso.

Essa não foi a primeira vez que Adgelson se meteu em confusão. Ele já foi preso quatro vezes e consta no Tribunal de Justiça do Amazonas que responde a três processos, incluindo roubo, assalto e tráfico de entorpecentes.

Por Yndira Assayag

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir