Esportes

Após três derrotas, Palmeiras goleia o Flamengo em casa e volta ao G-4

Na última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras reencontrou o caminho das vitórias e bateu o Flamengo por 4 a 2, em partida realizada no Allianz Parque, em São Paulo.
O triunfo pôs fim a uma sequência de três derrotas -Atlético-PR, Cruzeiro e Coritiba- da equipe comandada por Marcelo Oliveira .
O Palmeiras saiu na frente com o zagueiro Jackson, aos 5 minutos do primeiro tempo, mas o Flamengo conseguiu a virada com dois gols do meia Ederson, aos 5 e 11 minutos da etapa complementar.
Atrás no placar, o time alviverde foi para o ataque e conseguiu empatar em gol contra de Samir, que desviou cabeceio de Cleiton Xavier, aos 13 minutos. Os gols que deram a vitória à equipe palmeirense foram anotados por Dudu e Alecsandro, respectivamente, aos 20 e 25 minutos.
O Flamengo reclamou de dois pênaltis não marcados pelo árbitro na etapa inicial. O primeiro de Andrei Girotto em Pará e o segundo de Fernando Prass em Guerrero.
Com esse resultado, o Palmeiras chega a 31 pontos e assume a quarta posição, enquanto o Flamengo conhece dua décima derrota do Brasileiro, permanecendo com 23 e caindo para a 13ª colocação.
Na abertura do segundo turno, o Palmeiras viaja a Belo Horizonte para enfrentar o Atlético-MG, domingo, às 18h30, enquanto o Flamengo recebe o São Paulo no Maracanã, também no domingo, às 16h. Para este confronto o técnico Cristóvão Borges não poderá contar com o volante Jonas e o lateral Jorge, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.
O JOGO
A partida começou bastante disputada no meio campo, com as equipes marcando em cima e sem dar espaços para a criação.
Com a bola parada, uma das principais forças do Palmeiras, o time comandado por Marcelo Oliveira abriu o placar logo aos 5 minutos. Zé Roberto cobrou escanteio da esquerda e Jackson subiu mais que a zaga para testar firme e marcar o primeiro gol do jogo.
O Flamengo teve a chance de empatar aos 16 minutos. Jackson dominou mal, Guerrero roubou a bola, passou por Fernando Prass e caiu na área pedindo pênalti. Mas o árbitro mandou seguir.
No lance seguinte o time rubro-negro voltou a levar perigo. Jonas pegou a sobra de bola e arriscou da intermediária. A bola desviou em Arouca e quase encobriu o goleiro Fernando Prass, que espalmou para escanteio.
Aos 21 minutos, novamente com Guerrero, o Flamengo teve outra chance de empatar, após escanteio cobrado na área e cabeceio firme do peruano. Fernando Prass espalmou.
O Flamengo voltou dos vestiários com a marcação adiantada e sufocando a saída de bola do Plameiras.
Logo aos 5 minutos, Emerson assistiu Ederson, que passou por Jackson e bateu firme. A boa desviou em Vítor Hugo e tirou qualquer chance de defesa de Fernando Prass.
O Flamengo teve nova chance de gol aos 9 minutos. Guerrero lançou Pará na ponta direita, que rolou para Emerson Sheik chutar forte e a bola explodir no travessão.
A pressão flamenguista deu resultado e o time carioca conseguiu a virada aos 11 minutos. Após escanteio cobrado na área, Ederson subiu sozinho para fazer seu segundo gol.
Atrás no marcador, o Palmeiras foi para cima e conseguiu o empate aos 13 minutos. Arouca tocou para o meio da área, Cleiton Xavier finalizou de cabeça e a bola desviou em Samir e foi para o fundo do gol.
A virada palmeirense aconteceu aos 20 minutos. Zé Roberto tocou em Alecsandro na referência. O centroavante fez o pivô e rolou para Dudu que bateu forte, sem chances para César.
O quarto gol palmeirense foi marcado por Alecsandro, que pegou sobra de bola na área e bateu no canto esquerdo, aos 25 minutos. Este foi o primeiro gol do camisa 90 pelo Palmeiras.
O Flamengo ainda tentou diminuir a vantagem palmeirense, principalmente em chutes de média distância, mas os arremates não levaram perigo ao goleiro Fernando Prass.

PALMEIRAS
Fernando Prass; Lucas (Lucas Taylor), Vitor Hugo, Jackson e Zé Roberto; Arouca e Andrei Girotto; Rafael Marques, Robinho (Cleiton Xavier) Dudu; Alecsandro (Kelvin).
T.: Marcelo de Oliveira.
FLAMENGO
César; Pará, César Martins, Samir (Marcelo) e Jorge; Márcio Araújo, Jonas (Ederson), Éverton e Alan Patrick; Emerson e Guerrero.
T.: Cristóvão Borges.
Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Bruno Boschilia (PR)
Renda e público: R$ 2.908.585 e 37.739 pagantes
Cartões amarelos: Lucas e Lucas Taylor (P); Jonas e Jorge (F)
Gols: Jackson, aos 5min do 1º tempo; Ederson, aos 5min e aos 11min, Samir (contra), aos 13min, Dudu, aos 20min, e Alecsandro, 25 min do 2º tempo

 

Por Folha Press

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir