Dia a dia

Após ser esfaqueada por marido ciumento em Itapiranga, mototaxista morrem em hospital de Manaus

A mulher foi transferida para o HPS 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu - foto: Arthur Castro

A mulher foi transferida para o HPS 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu – foto: Arthur Castro

A mototaxista Elene Márcia Andrade da Cruz, 30, morreu no início da noite desta sexta-feira (24), no Pronto Socorro 28 de Agosto, Zona Centro-Sul de Manaus, após ser esfaqueada pelo próprio marido, que não teve o nome divulgado. O fato aconteceu no município Itapiranga (a 227 quilômetros de Manaus).

Conforme informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 2h da madrugada de ontem. A família relatou que o companheiro da vítima não aceitava no fim do relacionamento. No dia da fatalidade, o casal teria discutido e a mulher saído de casa com os três filhos de dois, três e cinco anos de idade.

Ela foi dormir na casa de uma amiga, porém, o suspeito ficou furioso e foi até a residência onde a mototaxista estava, invadiu o imóvel e esfaqueou Elene, em seguida fugiu em uma motocicleta.

A mulher foi socorrida e levada para o hospital da cidade, mas, devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida para o HPS 28 de Agosto, na capital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ainda conforme relatos a polícia, o homem era muito ciumento e agressivo. Ele agredia a esposa frequentemente e ameaçava os filhos, devido a isso ela teria resolvido se separar dele.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML), que fez a remoção do corpo, a mulher foi morta com sete facadas, que a atingiram no tórax e abdômen.

O crime será investigado pela 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itapiranga.  A família levará o corpo de Elene para ser sepultado no município.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir