Sem categoria

Após ser campeão, apresentador do Caprichoso pede desligamento

Desde os 8 anos de idade que Junior Paulain faz parte da agremiação boi Caprichoso - foto: arquivo pessoal

Desde os 8 anos de idade que Junior Paulain faz parte da agremiação boi Caprichoso – foto: arquivo pessoal

O apresentador do Caprichoso Junior Paulain, anunciou que  deixará o  posto de levantador do boi-bumbá azul e branco. O desligamento ainda não foi oficializado formalmente, mas segundo o presidente da agremiação, Joildo Azêdo, o apresentador  passou, na noite desta quinta-feira, dia 3, uma mensagem de celular anunciando  seu afastamento.

De acordo com o áudio, Paulain diz que está se desligando a agremiação para se dedicar a projetos pessoais. “Quero ter tempo para me dedicar a faculdade de Direito. Estou há dez anos fazendo o curso, porém, não consigo concluir devido às demandas que o boi exige.

Esse ano, por exemplo, estou desde o dia 15 de maio em Parintins para me preparar para o festival. Antecipei provas, abonei faltas, tudo por amor à nação azul e branca. Sei que não tenho mais condições de fazer isso se quiser ter uma carreira profissional. Se continuar nesse ritmo, vou apenas ser bacharel e nunca um promotor ou juiz”, declarou, ressaltando que está no oitavo período do curso.

Por telefone, o presidente do Caprichoso, Joildo Azêdo, confirmou a questão, mas destacou que Paulain ainda não havia feito oficialmente, o desligamento de seu cargo como item do boi. “Na verdade ainda não conversamos pessoalmente com o Junior. O que sei é que está se desligando do nosso boi para resolver problemas pessoais, e esperamos resolver essa questão”.

Joildo afirmou ainda que espera que o puxador mude de opinião. “O Paulain é um puxador muito experiente”.

Apoio da família

Segundo o pai de apresentador, Carlos Paulain, que já compôs mais de 68 musicas de boi para o Caprichoso e faz parte da marujada, a decisão do apresentador não foi comunicada a família, mas que ele respeita. “Eu ainda não consegui falar com ele nem por telefone, pois o Junior não está em Parintins. Mas, qualquer decisão que ele tome terá total apoio da nossa família. Temos muito orgulho dos nossos filhos”, destacou.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir