Dia a dia

Após sequestro, rapaz é encontrado morto em avenida na Ponta Negra, com pés amarrados

Leano tinha envolvimento com o tráfico de drogas, mas não vendia o produto ilícito, era somente usuário - foto: Ana Sena

Leano tinha envolvimento com o tráfico de drogas, mas não vendia o produto ilícito, era somente usuário – foto: Ana Sena

O ajudante de eletricista Leano Pereira Monteiro, 27, foi encontrado morto com marcas de agressão física, por volta das 6h desta quinta-feira (18), na avenida Cecília Meireles, no bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com policiais militares da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o homem foi raptado na noite de ontem, nas proximidades da Ponte Rio Negro, no bairro Compensa, por dois homens que estavam em um carro de placa não informada. A vítima teve os pés amarrados e foi agredido até a morte.

Conforme o pai da vítima, um eletricista de 48 anos, que preferiu não ter o nome divulgado, Leano tinha envolvimento com o tráfico de drogas, mas não vendia o produto ilícito, era somente usuário.

Ele acredita que o filho foi morto em um acerto de contas e disse ainda que o ajudante de eletricista já vinha recebendo ameaças há alguns dias, mas não soube informar a autoria das ameaças. O pai de Leano acredita que, apensar de ter envolvimento com o tráfico, a vítima não estava devendo para traficantes.

O eletricista contou que antes do filho ser raptado, ele deixou a namorada na casa dela e em seguida foi até a residência da mãe dele, e depois disse que iria jogar bola, porém, durante o trajeto, foi surpreendido pelos suspeitos.

Peritos do Instituto Criminalística (IC) informaram que a vítima não foi morta em outro lugar e apenas deixado no local onde foi encontrado. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Inicialmente o caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia, mas o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por equipe EM TEMPO Online
Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir