Cultura

Após saída de Paulain, Caprichoso anuncia Ornello Reis como novo apresentador

Aos 17 anos, Ornello Reis assume a função de apresentador – foto: divulgação

Aos 17 anos, Ornello Reis assume a função de apresentador – foto: divulgação

Pouco mais de um mês após a saída de Júnior Paulain, a diretoria do boi-bumbá Caprichoso anunciou ontem o nome de Ornello Reis como o novo apresentador do boi azul e branco.

O anuncio foi feito ontem à tarde em Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus) pelo presidente do boi, Joilto Azedo, e pelo vice-presidente, Rossy Amoedo, após uma reunião com o Conselho de Artes.

Segundo o presidente, a escolha pelo nome de Ornello, que disputava a indicação com Edmundo Oran, atual Amo do Boi, se deu em razão de sua participação ativa na temporada bovina deste ano.

“Ele sempre esteve presente dentro da nossa nação, muitas vezes como levantador, animador, apresentador, sempre se mostrando muito disposto, além de tudo é uma pessoa humilde e nós esperamos que continue assim”, afirmou Azedo.

O novo apresentador do boi Caprichoso tem 17 anos. É natural do município de Barreirinha (distante 331 quilômetros de Manaus). Cursa o ensino médio na Escola Estadual Senador João Bosco e está envolvido com festivais folclóricos desde os 14 anos de idade.

Começou como animador da galera do ‘Touro Preto’ em Barreirinha e com a experiência adquirida se tornou apresentador do bumbá. Também apresenta o boi Diamante Negro, no município de Nova Olinda do Norte.

Neste ano de 2015 no início da temporada do Caprichoso recebeu convite para participar dos ensaios do azul, mas foi durante o último ensaio técnico do bumbá que a galera azul e branca conheceu o potencial do jovem barreriense.

“Recebo com muita felicidade essa grande responsabilidade, vou dar tudo de mim para fazer o melhor junto ao Conselho de Artes, quero fazer o item nº 1 campeão”, disse Ornello para o EM TEMPO.

No dia 2 de julho, o ex-apresentador do boi Caprichoso, Júnior Paulain anunciou que deixava a função de apresentador para se dedicar ao curso de direito. Ele admitiu que a saída veio após uma decisão atendendo um desejo pessoal e da família.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir