Sem categoria

Após reunião com Sinetram, prefeitura de Manaus adia cobrança da nova tarifa de ônibus

O Sinetram alerta que os usuários que já possuem créditos nos cartões passafácil, só serão afetados pela nova tarifa quando forem realizar a nova compra - foto: Diego Janatã

O Sinetram alerta que os usuários que já possuem créditos nos cartões passafácil, só serão afetados pela nova tarifa quando forem realizar a nova compra – foto: Diego Janatã

Após uma reunião com Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), a Prefeitura de Manaus conseguiu interromper a cobrança da nova tarifa de ônibus com reajuste de R$ 3,55 autorizado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM).

A cobrança iniciaria a partir deste domingo (10). A decisão final sobre a nova tarifa ficou para a próxima segunda-feira (11), em nova rodada de negociação entre a prefeitura e o Sinetram.

O novo valor seria de R$ 3,54, mas foi arredondado para R$ 3,55 conforme lei municipal nº 209/93. A decisão judicial foi deferida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) na última sexta-feira (9).

Na decisão judicial da 2ª Câmara Cível, o tribunal autorizou a concessão de reajuste de 12,37% na tarifa do transporte coletivo, sobre a tarifa técnica de R$ 3,15. Atualmente os R$ 0,15 que o passageiro não paga são subsidiados pelo poder público.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir