Dia a dia

Após quatro dias parado, rio Negro baixa um centímetro

rio-negro

Após quatro dias sem alterações, o rio Negro baixou um centímetro na manhã desta sexta-feira (19), o que pose indicar o começo da vazante. A confirmação, porém, só poderá ser feita a partir de segunda-feira (22), conforme a Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais (CPRM).

De acordo com Valderino Pereira, responsável pela medição, o rio Negro estava parado desde segunda-feira (15) com a conta de 29,60 metros e na manhã desta sexta-feira baixou um centímetro, ficando com 29,60 metros.

“Mesmo o rio tendo baixado, não podemos afirmar que começou a vazante, vamos esperar quatro dias para poder confirmar. Hoje baixou, amanhã pode voltar a subir”, disse Pereira, referindo-se ao fenômeno do ‘repiquete’, que altera a subida e descida drástica por conta das chuvas que ocorrem nas cabeceiras dos rios.

Segundo Valderino, esse fenômeno não tem um período certo para acontecer. “Não posso falar que o repiquete vai começar em poucos dias, tudo depende da vazante, primeiro temos que confirmar que o rio começou a secar”.

Nesse mesmo período do ano passado, o rio já tinha baixado bem mais, com a cota registrada de 29,45 metros.

Na capital amazonense, 11 bairros na área urbana e 24 comunidades na zona rural estão alagados.

Por Mara Magalhães (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir