Sem categoria

Após protestos, Detran-AM multa 156 ônibus na Zona Leste e cinco são apreendidos

A maioria dos veículos estava com o licenciamento atrasado e sem a documentação obrigatória - foto: divulgação

A maioria dos veículos estava com o licenciamento atrasado e sem a documentação obrigatória – foto: divulgação

Cento e cinquenta e seis ônibus foram multados, dos quais cinco apreendidos, na madrugada desta quinta-feira (17), durante fiscalização do Departamento de Transito do Amazonas (Detran-AM), na Zona leste de Manaus. O trabalho ocorreu na avenida Autaz Mirim, bairro Tancredo Neves, após dois dias seguidos de protestos de usuários por conta de veículos ‘quebrados’ ou em pane mecânica.

Os veículos apreendidos pertencem á empresa Global Green e foram recolhidos ao parqueamento do Detran-AM, por estarem sem condições de trafegar.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, todos os veículos fiscalizados apresentavam irregularidades, como vidros trincados, pneus carecas, portas danificadas e documentação atrasada. Ele explicou que os cinco ônibus apreendidos foram levados ao parqueamento do órgão e só serão liberados após a empresa regularizar as situação.

“A maioria dos veículos estava com o licenciamento atrasado e sem a documentação obrigatória dos mesmos. Todos receberam multas, porém as multas têm valores diferentes, visto que alguns possuem mais de uma irregularidade. As empresas multadas terão prazo de uma semana para apresentar melhorias. Já a empresa responsável pelos cinco ônibus apreendidos terá que pagar a multa e apresentar uma defesa e explicação para o Detran-AM”, explicou.

Feitoza destacou que a fiscalização tem o objetivo de impedir que os coletivos de circulem pela cidade colocando em risco a vida dos usuários. Ele disse ainda que a fiscalização vai continuar nos próximos dias, em diferentes pontos da cidade, não só em ônibus, mas também em microonibus, mototaxi e veículos de frete.

A fiscalização de hoje iniciou às 3h da madrugada e terminou as 7h. O EM TEMPO Online tentou contato com as empresas fiscalizadas, mas até o momento desta publicação, as ligações não foram atendidas. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou por meio da assessoria que ainda iria se reunir com as empresas para avaliar a situação.

Depredação
Na manhã de quarta-feira (16), um ônibus da linha 678, que faz trajeto em direção á Ponta Negra, foi depredado. O quebra-quebra começou após o coletivo apresentar pane mecânica na avenida Efigênio Sales, Zona Centro-Sul da capital amazonense. O fato aconteceu um dia depois de dois ônibus da mesma empresa terem sido apedrejados pela população na alameda Cosme Ferreira, Zona Leste.

Por equipe EM TEMPO Online

Com informações de Michelle Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir